Pesquisar
Close this search box.

Turbulência em voo da Qatar Airways deixa 12 pessoas feridas

screenshot 2022 01 05 at 15 41 37 qatar airways qatarairways • fotos e videos do instagram

Doze pessoas ficaram feridas depois que um voo da Qatar Airways de Doha para Dublin foi atingido por turbulência neste domingo (26).


O voo, que pousou em Dublin pouco antes das 13h no horário local (9h, no horário de Brasília) foi recebido pelos serviços de emergência, incluindo a polícia do aeroporto e os bombeiros.


De acordo com um comunicado do Aeroporto de Dublin, seis passageiros e seis tripulantes ficaram feridos no incidente.


O voo QR107 da Qatar Airways passou por turbulência enquanto sobrevoava a Turquia, disse o comunicado.


O Aeroporto de Dublin disse que estava ajudando passageiros e funcionários e que as operações não foram afetadas.


Num comunicado à CNN, a Qatar Airways afirmou que o voo aterrissou em segurança em Dublin, mas que “um pequeno número de passageiros e tripulantes sofreram ferimentos leves durante o voo e estão agora recebendo cuidados médicos”.


“O assunto está agora sujeito a uma investigação interna”, continuou o comunicado. “A segurança de nossos passageiros e tripulantes é nossa principal prioridade.”


Isso ocorre dias depois de 104 passageiros terem ficado feridos e um homem com problemas cardíacos ter morrido em um voo da Singapore Airlines que foi atingido por forte turbulência.


Mudanças climáticas podem piorar turbulências

Cerca de 65 mil aeronaves sofrem turbulência moderada todos os anos nos EUA e cerca de 5.500 enfrentam turbulência severa. Esses números, no entanto, podem estar destinados a crescer.


Paul Williams, professor de ciências atmosféricas na Universidade de Reading, no Reino Unido, disse à CNN em 2022 que acredita que as mudanças climáticas estão modificando as turbulências.


“Fizemos algumas simulações em computador e descobrimos que a turbulência severa poderia duplicar ou triplicar nas próximas décadas”, disse Williams.


As descobertas, que foram posteriormente confirmadas por observações, destacam um tipo de turbulência chamada “turbulência de ar limpo”, que não está ligada a quaisquer pistas visuais, como tempestades ou nuvens.


Ao contrário da turbulência normal, ela ocorre repentinamente e é difícil de evitar.


O voo da Singapore Airlines de terça-feira não foi atingido por turbulência de “ar limpo”, mas por tempestades em rápido desenvolvimento. Ainda não se sabe que tipo de turbulência o avião da Qatar Airways sofreu.


Compartilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn

Últimas Notícias