Pesquisar
Close this search box.
970x250 (1)

Ataque russo em Kharkiv, na Ucrânia, deixa ao menos 12 mortos e 40 feridos

cnn l19jb21wb25lbnrzl2ltywdll2luc3rhbmnlcy9jbhdtode4dngwmda2mzu2am1obzvkz2tt l19jb21wb25lbnrzl2fydgljbguvaw5zdgfuy2vzl2nsd203dnzoadawmg5zc3fnzwvwewv0zze

Pelo menos 11 pessoas morreram e 43 ficaram feridas depois que um ataque russo atingiu uma grande loja de ferragens em Kharkiv, na Ucrânia. Segundo autoridades, outras 16 pessoas continuam desaparecidas, incluindo pelo menos 11 funcionários do centro comercial.


Estima-se que ao menos de 200 pessoas estavam dentro do prédio.


“A sirene de ataque aéreo disparou e cerca de 100 pessoas conseguiram sair do edifício. No entanto, muitas ainda estavam dentro do local”, disse Oleh Syniehubov, chefe da administração militar regional de Kharkiv, em uma entrevista à televisão nacional.


“Serviços especializados estão respondendo ao chamado. Todos os feridos estão recebendo assistência”, comentou Syniehubov anteriormente, acrescentando que “não há um único objeto militar nas proximidades”.


Em uma postagem na rede social X, o presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, chamou o ataque de “ brutal”.


O ministro do Interior da Ucrânia, Ihor Klymenko, falou que “quantidades significativas de materiais inflamáveis” dentro do ambiente dificultam o combate ao incêndio. Acrescentou também que existe a possibilidade das chamas se espalharem ainda mais para armazéns próximos.


“Ao mesmo tempo, há uma ameaça constante de repetidos bombardeios inimigos”, completou.


Zelensky reiterou ainda que “se a Ucrânia tivesse sistemas de defesa aérea suficientes e aviões de combate modernos, tais ataques russos teriam sido impossíveis”.


“É por isso que apelamos a todos os líderes, a todos os estados: precisamos de um fortalecimento significativo da defesa aérea”, disse.


O ataque ocorre no momento em que as forças russas avançam na região de Kharkiv, depois de cruzarem a fronteira norte no início deste mês e abrirem uma nova frente no conflito que já dura dois anos.


Na quinta-feira (23), sete pessoas foram mortas em ataques russos na cidade.


Enquanto isso, pelo menos duas pessoas morreram e pelo menos 10 ficaram feridas como resultado de um ataque ucraniano a uma aldeia russa na região de Belgorod, na Rússia, disse o governador da região, Vyacheslav Gladkov.


Como resultado, um edifício residencial privado pegou fogo e cerca de 20 outros edifícios e 23 carros sofreram danos. “Todos os serviços operacionais estão trabalhando no local”, informou Gladkov.


Entre os feridos está um menino de oito anos. De acordo com a autoridade, “todas as vítimas apresentavam ferimentos de estilhaços em várias partes do corpo”.


Compartilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn
1200 x 250 gif

Últimas Notícias