Pesquisar
Close this search box.
banner ac qua e qui verde 19 e 20 de junho

Para apoiar greve, estudantes da UFAC resolvem fazer sarau no campus Rio Branco

extra 74 976x600

O 3º Circuito de Arte Independente, juntamente com o comando de greve local estudantil, promovem na próxima sexta-feira (31), um sarau com apresentações de dança, música, cultura hip-hop e poesia. O evento é organizado pelos estudantes, e será realizado das 18h às 23h, no bloco de artes cênicas teatro e música, dentro da Universidade Federal do Acre (Ufac).


A greve começou no dia 26 de abril e reivindica reestruturação de carreira, recomposição salarial e orçamentária e revogação de normas aprovadas nos governos de Michel Temer (MDB) e Jair Bolsonaro (PL). Em assembleia no dia 16 de maio, os professores da Ufac, decidiram, por 149 votos favoráveis, não aceitar a proposta do governo federal e manter a greve no estado acreano.


De acordo com Hevyllyn Souza, estudante de nutrição, e uma das organizadoras do evento, o objetivo do encontro é de potencializar a luta estudantil sobre a deflagração da greve e toda a pauta grevista.


“Essa é uma forma de valorizar os artistas tanto da Ufac como da comunidade externa, com o intuito de trazer os estudantes para a universidade nesse momento que a galera está dispersa, para a gente juntar, falar sobre a greve, e realmente ter esse diálogo, mas também com muita arte. É um momento também de descontração, mas também um momento político”, afirma.


A estudante explica que essa é uma greve específica dos alunos, que no começo estavam apenas apoiando as reivindicações dos docentes e técnicos-administrativos, porém no decorrer da paralisação, perceberam que além das pautas que se uniam com os docentes e técnicos, haviam outras mais específicas.


“Queremos o R.U aberto e de qualidade, e que fique aberto nas férias, greve. Melhor estrutura das salas de aula, atualmente a maior parte das salas tem ar condicionados barulhentos e sempre temos que desligar para conseguir escutar o que o professor. Muitos Centros Acadêmicos não tem sala para que os alunos descansem, o meu curso por exemplo é integral e não temos sala para descansar/estudar. Com uma deflagração de greve temos a possibilidade de negociar com a reitoria, por isso a importância da greve”, diz Hevyllyn.


No evento, haverá apresentações de artistas locais, de dança, música, e espetáculos plurais. Com as linguagens do Break, DJ, cultura Ayahuasqueira, música popular brasileira, grupos de jazz, blues, hip hop, povos originários, artistas com composições autorais, poesia de cultura popular e tradicional, serão as atrações desta sexta (31). Também estarão sendo vendidas comidas e artes para que os estudantes arrecadem dinheiro e possam produzir mais cartazes para apoiar a greve.


“Também vai ter a galera vendendo a arte, vai ter a galera vendendo também comida, enfim, a gente também vai estar com a barraquinha do comando de greve estudantil, para estar arrecadando o dinheiro, para a gente poder estar produzindo. A gente produz cartazes, a gente está produzindo muita coisa nesse momento para realmente chamar a atenção da gestão da Ufac para as nossas reivindicações. Então esse circuito vai ajudar muito também nessa arrecadação do nosso fundo”, explica a organizadora.


 


Circuito de Artes Independente


 


Segundo os organizadores, o Circuito de Artes Independente é uma apresentação artística e musical. É uma ação cultural de empenho dos discentes da Ufac, buscando proporcionar a aproximação de diferentes extratos sociais e a produção acadêmica artística. O foco principal é o desenvolvimento da sensibilidade humana em combinação com os diferentes contextos sociais de cada momento histórico: a arte em seu sentido social e como forma de comunicação.


No sábado (25), foi realizada a abertura do 3° Circuito. Foi feito um manifesto muralista, que consistiu em escrever nos muros do Bairro 6 de agosto, junto com os moradores, o apoio a Luta da classe da educação. Os artistas Sara Marques, Rasta e Pat Saturno, foram os participantes do ato.


“A luta da classe da educação está enfrentando dificuldades e ataques para seu desmonte. O ativismo muralista e múltiplas linguagens artísticas dão palco para os amantes da produção artística acreana. Por isso fizemos essa ação e estamos fazendo o sarau nesta sexta”, afirmou Pat Saturno.


Data: 31/05


Horário: 18h às 23h


Local: Universidade Federal do Acre – Bloco: Artes cênicas, teatro e música


Endereço: Rodovia BR 364, Km 04 – Distrito Industrial


Artistas confirmados: Shaddai, Zé Jarina, Joatãn Batista, Davi Barroso, Thetheu, Bragii, Guta Rio, Kmz, Spartakus, Yubē & Siã, Samina, Lucas Santos, Anieta, Écio Rogério,Yomii,Thunder +batalha de rap.


 


Fonte: G1 Acre


Compartilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn
1200 x 250 gif

Últimas Notícias