Weather Data Source: El tiempo a 25 días

Pais, mães e filhos de santo lançam oferendas à Iemanjá no Rio Acre, em Rio Branco

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do Ecos da Notícias.​

Pais, mães, filhos(as) de santo e simpatizantes das religiões afro-brasileiras, lançaram no rio Acre, em Rio Branco, presentes à Iemanjá. O evento começou durante a tarde desta sexta-feira, com uma caminhada pela avenida Getúlio Vargas, no centro da capital, até o Novo Mercado Velho, às margens do rio.


No Mercado, centenas de pessoas celebraram Iemanjá e outros orixás com danças e músicas de exaltação. Fiéis representando entidades dançavam em volta do andar onde uma figura representava a deusa orixá dos mares, que tem do dia 2 de fevereiro a sua celebração em todo o Brasil.


Após a celebração, oferendas foram deixadas no rio Acre logo abaixo da ponte Juscelino Kubitschek.


Mãe Rubi de Oxum esteve na homenagem com seus filhos e filhas da casa. Segundo ela, o que é oferecido à Iemanjá depende do que é desejado com a oferta. “Dependendo da situação que a pessoa esteja passando, oferecemos uma comida específica. Hoje, por exemplo, vamos oferecer a orixá Oxum, mãe Oxum, mãe Iemanjá e pai Oxóssi. Estamos pedindo fartura, prosperidade, dinheiro, alegria, amor, e principalmente que a gente possa viver num ambiente de segurança e tolerância”, disse.


Luana Maiara do Ogum, egbomi, explica que as oferendas a Iemanjá podem ser feitas também em água doce, apesar da deusa estar mais comumente associada à água salgada. “No Brasil Iemanjá foi considerada a deusa das águas salgadas e por isso recebe muitas oferendas no mar. Mas como em nossa cidade não tem água salgada, tenho certeza que nossa oferenda será bem aceita porque o que vale é a intenção. Orixá não é louco, não é burro”, disse Luana.


 


FOTOS: WHIDY MELO


Compartilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn

Últimas Notícias

plugins premium WordPress