Weather Data Source: El tiempo a 25 días

Menor que foi apreendido com 3 armas de fogo e planejava fazer ataque a facção , é ferido a tiros

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do Ecos da Notícias.​

Por Davi Sahid


O adolescente R.S.L de 16 anos, foi ferido a tiros em via pública na noite desta quarta-feira, 7, na rua Praia do Yaco, no loteamento Praia do Amapá no bairro Taquari no Segundo Distrito de Rio Branco.


Segundo informações da Polícia, o adolescente recebeu uma ligação de “amigos” para ir até a rua Praia do Yaco e quando chegou ao local, membros de uma organização criminosa efetuaram vários tiros contra a vítima que foi atingida cinco projeteis, sendo dois no abdômen, um tiro no braço esquerdo com fratura, um no braço direito e outro na região lombar. Mesmo ferido o adolescente ainda conseguiu correr e cair em frente a uma residência. Após a ação os autores do crime fugiram do local.


O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionado e uma ambulância básica foi enviada. Os Paramédicos prestaram os primeiros atendimentos e em seguida pediram apoio da ambulância do suporte avançado. O paciente foi estabilizado e foi encaminhado ao Pronto-Socorro de Rio Branco em estado de saúde estável, porém seu quadro clínico pode se agravar.


Policiais Militares estiveram no local e isolaram área para os trabalhos do Perito em criminalística, em seguida colheram informações e fizeram patrulhamento na região em busca de prender os criminosos, mas eles não foram encontrados.


A Polícia informou a reportagem que o adolescente ferido foi apreendido na última terça-feira, 6, juntamente com outro adolescente de 15 anos, em posse de três armas de fogo na rua Praia da Base no Loteamento Praia do Amapá no bairro Taquari no Segundo Distrito de Rio Branco, onde planejavam fazer um ataque a facção rival. Ele e seu comparsa de 15 anos, foram liberados pela justiça na tarde do mesmo dia.


O tentativa de homicídio será inicialmente investigado pelos Agentes de Polícia Civil da Equipe de Pronto Emprego (EPE) e posteriormente ficará a disposição da Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP).


Compartilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn

Últimas notícias

Últimas Notícias

plugins premium WordPress