Weather Data Source: El tiempo a 25 días

Régua de medição do rio Acre na capital é arrancada e torre da ANA tem fios roubados

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do Ecos da Notícias.​

Foto: régua dos 11 metros foi arrancada pela força da água e pressão de balseiros I Whidy Melo/ac24horas


 


A régua de medição do rio Acre no centro de Rio Branco foi derrubada pela correnteza e pressão de balseiros na estaca de fixação, e a Plataforma de Coleta de Dados da Agência Nacional de Águas, que publica o nível da água do rio em tempo real para os órgãos competentes, foi vandalizada e está inoperante há 3 dias.


Segundo o coronel Carlos Batista, que coordena a Defesa Civil Estadual, novas réguas foram solicitadas e chegam ao Acre na tarde desta quarta-feira, 10, quando devem ser instalada. O órgão não descarta mudar o ponto de medição de local, para uma área onde ocorra menos incidência de balseiros.


Ontem, terça-feira, 9, o capitão Lopes, da Defesa Civil, comentou ao ac24horas que a instalação seria melhor do outro lado da margem do rio, na região do primeiro distrito: “aqui os balseiros e a correnteza incidem forte na régua e pode haver essa quebra, ou interferência na medição”, disse.



Já a respeito da Plataforma de Coleta de Dados – PCD, Carlos Batista disse que há três dias o equipamento parou de enviar dados à Agência Nacional de Águas – ANA, mas apenas ontem foi notada a origem do problema. “Vândalos furtaram os fios do equipamento, que deixou de operar. Infelizmente acontece este problema que prejudica a leitura desses dados, que são tão importante para o órgãos de monitoramento”, afirmou. Apesar do equipamento pertencer à ANA, cabe à Defesa Civil Estadual fazer a manutenção, o que já está sendo providenciado. Batista pede um cuidado da população com os equipamentos, que são essenciais para alertar sobre catástrofes.


Foto: Plataforma de Coleta de Dados teve fios furtados | Whidy Melo/ac24horas

 Enquanto a régua e a PCD estão inoperantes na região da ponte Juscelino Kubitschek, a Defesa Civil de Rio Branco disse que trabalha em métodos alternativos de medição. Desde terça-feira, o rio Acre apresenta recuo gradual no leito, se afastando da cota de alerta.


Compartilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn

Últimas notícias

Últimas Notícias

plugins premium WordPress