Weather Data Source: El tiempo a 25 días

Líder de aldeia indígena no Amazonas é preso suspeito de abusos sexuais contra mulheres

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do Ecos da Notícias.​

O líder da aldeia indígena Muratuba, no município de Autazes, no interior do Amazonas, foi preso suspeito de cometer abusos sexuais contra mulheres durante uma operação da Polícia Federal, nesta quarta-feira (10). Conforme a polícia, uma das vítimas é neta dele, que tinha 8 anos quando foi abusada.


De acordo com Polícia Federal, o líder da aldeia indígena, da tribo Mura, de 57 anos, está com prisão temporária de 30 dias decretada pela Justiça Federal.


A Polícia Federal informou que o homem é suspeito de abusar sexualmente de pelo menos quatro vítimas, todas mulheres. Uma delas foi a neta do suspeito, que tinha oito anos quando foi abusada sexualmente por ele.


As vítimas dos abusos haviam acabado de terem filhos e foram pedir para que ele providenciasse uma documentação das crianças, para que elas tivessem acesso a um benefício. Em troca da liberação, ele exigia favores sexuais das mulheres, conforme a Polícia Federal.


Cerca de 20 agentes da PF e uma delegada fizeram a operação que prendeu o homem nesta quarta. Um servidor da Fundação Nacional do Índio (Funai) também acompanhou a ação, que aconteceu dentro da terra indígena.


O suspeito que foi preso durante a operação da Polícia Federal é um “Tuxaua”, considerado como a liderança indígena da aldeia Muratuba, onde os crimes aconteceram. Cerca de 20 famílias moram no local.


Compartilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn

Últimas notícias

Últimas Notícias

plugins premium WordPress