Pesquisar
Close this search box.
Weather Data Source: El tiempo a 25 días

Mulher trans tida como desaparecida no réveillon é localizada pela família e está bem

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do Ecos da Notícias.​

A servidora da Secretaria de Estado da Mulher (Semulher), Giulia Almeida, de 31 anos, que foi dada como desaparecida no último dia 31 de dezembro já entrou em contato com a família e está bem, segundo informou ao ac24horas, um irmão, Wagner, com quem a reportagem havia conversado no fim da tarde desta quinta-feira, 4.


O familiar não deu maiores detalhes a respeito do que aconteceu, mas informou que Giulia entrou em contato com uma irmã, dizendo que estaria bem. Moradora do bairro Village Wilde Maciel, ela havia mantido contato com a sua mãe pela última vez antes da virada do ano, não dando mais notícias.


Nesta quinta-feira, a família foi avisada que ela não estava comparecendo no trabalho, passando a ser procurada. O irmão contou que procurou no apartamento, onde tudo estava em ordem, e chegou a fazer buscas no Pronto Socorro e no Instituto Médico Legal (IML) sem ter tido informações até aquele momento.


Entendendo se tratar de um desaparecimento e muito preocupada com o que poderia ter acontecido à servidora, que é mulher trans e teria, supostamente, recebido ameaças, a família chegou a registrar um boletim de ocorrência na Delegacia Central de Flagrantes de Rio Branco (Defla).


Compartilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn

Últimas notícias

Últimas Notícias