Weather Data Source: El tiempo a 25 días

Dorival relembra polêmica com Neymar e afirma que quer o jogador na seleção

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do Ecos da Notícias.​

Em sua apresentação na seleção brasileira, Dorival Júnior citou apenas dois jogadores nominalmente: o zagueiro Thiago Silva, quando foi questionado sobre a possibilidade de convocação, e o atacante Neymar. Há 14 anos, quando estava no Santos, em 2010, o agora técnico do Brasil enfrentou um episódio polêmico com o jogador e que resultou em sua demissão. Questionado sobre o futuro de Neymar na seleção, Dorival elogiou o jogador e disse que o quer no time, mas “desde que esteja focado”.


— O Brasil tem que aprender a jogar sem o Neymar, entendendo que ele está lesionado, mas também que temos um dos três melhores jogadores do mundo atualmente, e temos que aproveitar. Desde que esteja melhor (da lesão) e focado. Não tenho problema nenhum com o Ney. Aquela situação foi além do esperado de forma desnecessária, mas conversamos logo depois do jogo. Nunca tive nenhum tipo de problema com o atleta, muito pelo contrário. Sempre que nos encontramos é uma situação muito positiva — falou Dorival Júnior em sua apresentação na seleção brasileira.


Logo após conquistar o título da Copa do Brasil pelo Santos em 2010, o treinador e o atleta tiveram um atrito por uma decisão de quem bateria um pênalti em jogo do Peixe contra o Atlético-GO. Na época, o atacante havia perdido quatro penalidades em sequência, o que fez o treinador determinar que Marcel seria o batedor. Insatisfeito, Neymar discutiu com os companheiros em campo e com o comandante.


Dorival Júnior e Neymar em treino do Santos, em 2010 — Foto: Marcos Alves

Dorival Júnior e Neymar em treino do Santos, em 2010 — Foto: Marcos Alves

O técnico acabou punindo o atacante e o deixou de fora de partida contra o Guarani. Posteriormente, anunciou que manteria a punição num clássico contra o Corinthians. A diretoria do Santos optou por demití-lo após o anúncio.


Segundo o próprio Dorival em entrevistas passadas, a questão foi resolvida logo no vestiário após a partida. Neymar, por sua vez, já se disse arrependido por sua ação.


Por Extra


Compartilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn

Últimas notícias

Últimas Notícias

plugins premium WordPress