Pesquisar
Close this search box.
ba banner portal microcredito 960x100px mai24

Ucrânia frustra suposta tentativa de golpe de Estado, diz serviço de segurança

gettyimages 460804392

A Ucrânia frustrou uma suposta conspiração para derrubar o governo que “teria beneficiado a Rússia”, disseram autoridades de segurança do país devastado pela guerra na segunda-feira (1º).


Em uma publicação no Telegram, o Serviço de Segurança da Ucrânia (SBU) afirmou que os supostos organizadores do golpe planejavam desencadear uma revolta em Kiev em 30 de junho como uma distração para tomar o controle do parlamento ucraniano e remover a liderança militar e política do poder.


Não está claro se os acusados ​​têm alguma ligação com a Rússia, que vem travando uma invasão devastadora em grande escala contra seu vizinho do sudoeste há quase dois anos e meio.


Quatro suspeitos foram identificados, com dois mantidos sob custódia, disse o SBU. Eles podem pegar até 10 anos de prisão se forem considerados culpados.


O SBU disse que apreendeu armas e munições, bem como celulares, computadores e outros registros “com evidências de ação criminosa”.


De acordo com o Gabinete do Procurador-Geral da Ucrânia, o suposto líder do golpe alugou um salão com capacidade para 2.000 pessoas e recrutou militares e guardas armados de empresas privadas para “realizar a tomada” do parlamento. Não está claro se os promotores estão procurando mais suspeitos.


“Para implementar o plano criminoso, o principal organizador envolveu vários cúmplices — representantes de organizações comunitárias de Kiev, Dnipro e outras regiões”, disse o SBU.


O suposto esquema em Kiev ocorre no momento em que a Rússia vem fazendo avanços lentos, mas constantes, no campo de batalha nos últimos meses, explorando a diminuição da mão de obra da Ucrânia e sua dependência do Ocidente para armas — e a incerteza sobre o futuro dessa ajuda militar.


As forças russas mataram sete pessoas, incluindo três crianças, em um ataque com mísseis na cidade de Vilniansk, no sul do país, no sábado, de acordo com autoridades ucranianas, levando o presidente Volodymyr Zelensky a apelar por mais armas de longo alcance.


“Sou grato a todos os parceiros que estão ajudando. E as decisões que precisamos devem ser aceleradas. Qualquer atraso nas decisões nesta guerra significa perder vidas humanas”, escreveu Zelensky no Telegram.


Preocupações aumentaram sobre o futuro do apoio militar dos EUA à Ucrânia com a possibilidade de outra presidência de Donald Trump no horizonte.


Durante o debate presidencial da semana passada, Trump questionou se os Estados Unidos deveriam continuar a financiar a luta da Ucrânia contra a Rússia.


Os comentários de Trump sobre a guerra na Ucrânia foram “preocupantes”, disse o político ucraniano Oleksiy Goncharenko à CNN.


Compartilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn
posto village ezgif.com gif to avif converter

Últimas Notícias