Pesquisar
Close this search box.
posto village ezgif.com gif to avif converter

Ataques russos matam 20 na Ucrânia; hospital infantil foi alvo de mísseis

2024 07 08t095043z 1 lop706408072024rp1 rtrmadp baseimage 960x540 ukraine crisis hospital update

A Rússia lançou uma série de mísseis contra Kiev e outras cidades ucranianas, num raro ataque diurno nesta segunda-feira (8), matando pelo menos 20 pessoas em todo o país e atingindo um importante hospital infantil, disseram autoridades.


O presidente Volodymyr Zelensky disse que as forças russas dispararam mais de 40 mísseis visando diferentes cidades e danificando infraestruturas e edifícios comerciais e residenciais em diferentes cidades ucranianas.


As autoridades da cidade de Kiev disseram que sete pessoas foram mortas e pelo menos 25 ficaram feridas no ataque à capital. Em Kryviy Rih, cidade natal de Zelensky, dez pessoas morreram e 31 ficaram feridas, disse o prefeito Oleksandr Vilkul.


Outras três pessoas morreram em Pokrovsk, no leste da Ucrânia, quando mísseis atingiram uma instalação industrial, disse o governador regional de Donestk.


“Todos os serviços estão envolvidos para salvar o maior número de pessoas possível”, disse Zelensky no aplicativo de mensagens Telegram. “E o mundo inteiro deveria usar toda a sua determinação para finalmente pôr fim aos ataques russos”.


A Rússia negou repetidamente ter como alvo civis.


O grande ataque à Ucrânia ocorreu quando o primeiro-ministro húngaro, Viktor Orban, se reuniu com o presidente chinês, Xi Jinping, para discutir um potencial acordo de paz com a Ucrânia, fazendo uma visita inesperada para Pequim.


O prefeito de Kiev, Vitali Klitschko, disse que o ataque à capital foi um dos mais pesados ​​desde o início da invasão russa em fevereiro de 2022.


Ele disse que o principal hospital infantil da cidade foi danificado. As janelas foram quebradas e os painéis arrancados. Pais segurando bebês saíram para a rua, atordoados e soluçando.


“Ouvimos uma explosão e depois fomos cobertos por destroços”, disse Svitlaka Kravchenko, 33 anos, à Reuters depois que ela e seu marido, Viktor, saíram do abrigo.


O bebê de dois meses saiu ileso, mas Svitlana sofreu cortes e o carro ficou totalmente enterrado sob os escombros do prédio destruído, do outro lado do pátio da ala principal.


“Foi assustador. Eu não conseguia respirar, estava tentando cobrir (meu bebê). Eu estava tentando cobri-lo com esse pano para que ele pudesse respirar”, disse ela.


As autoridades locais e regionais afirmaram que instalações industriais, infraestruturas e edifícios residenciais e comerciais foram danificados em Kyi, Kryviy Rih, Dnipro, Pokrovsk, Kramatarosk e outros.


Compartilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn
banner ac 24h

Últimas Notícias