Pesquisar
Close this search box.
cedimp otimizado ezgif.com gif to avif converter

MPAC firma TAC para regularizar alimentação nos centros socioeducativos de Rio Branco

img 6638 scaled 1 1000x600

A Promotoria de Justiça Especializada de Execução de Medidas Socioeducativas do Ministério Público do Estado do Acre (MP-AC) celebrou um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Instituto Socioeducativo do Estado do Acre (ISE) e a empresa responsável por fornecer a alimentação aos adolescentes, visando regularizar a oferta de refeições nos centros socioeducativos de Rio Branco.


Segundo a promotora de Justiça Vanessa Muniz, o TAC tem a finalidade de garantir alimentação de qualidade, conforme os parâmetros estabelecidos no contrato. Entre as cláusulas, destaca-se a necessidade de regularizar a oferta de refeições adequadas, suficientes e pontuais, seguindo o cardápio contratado.


A alimentação deve incluir café da manhã, almoço, jantar, ceia e alimentação complementar para gestantes, com pratos variados diariamente e servidos em embalagens térmicas individuais ou bandejas. Além disso, a empresa deve elaborar e atualizar mensalmente o cardápio, com a participação dos adolescentes por meio de uma comissão formada por eles em cada centro. As atualizações do cardápio deverão considerar as sugestões e orientações dos jovens, coletadas mediante entrevistas mensais.


Em caso de descumprimento, o TAC prevê uma multa diária de R$ 5 mil a ser recolhida ao Fundo gerido pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) de Rio Branco. A multa não exime os compromissários de possíveis responsabilizações criminais ou civis.


 


 


 


Com informações da Agência de Notícias do Ministério Público do Acre


Compartilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn
banner ac4h

Últimas Notícias