Pesquisar
Close this search box.
192882c8aaa53f9b4e234a4553bdad21

Palmeiras marca nos acréscimos e vence Criciúma no 1º jogo sem Endrick

Gustavo Gómez, do Palmeiras, durante jogo contra o Criciúma, pelo Campeonato Brasileiro Imagem: Cesar Greco/Palmeiras

O Palmeiras venceu o Criciuma por 2 a 1 neste domingo (2), no Heriberto Hulse, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro. Gustavo Gómez abriu o placar, Matheusinho empatou e Lázaro deu a vitória ao Verdão nos acréscimos.


O Palmeiras voltou a fazer um jogo abaixo da média, mas retomou o caminho das vitórias depois de empatar com Botafogo-SP e San Lorenzo (ARG). Foi o primeiro desafio sem Endrick, que foi para a Copa América com o Brasil antes de apresentar no Real Madrid (ESP).


Após um primeiro tempo morno, o Palmeiras retornou melhor do vestiário e fez 1 a 0 com Gómez de pênalti.


O Criciúma empatou dois minutos depois com Matheusinho, numa infelicidade de Murilo que desviou para trás e quase marcou contra.


Nos acréscimos, Gustavo Gómez cabeceou após escanteio no segundo pau e Lázaro marcou também de cabeça para dar a vitória ao Palmeiras.


Com o resultado, o Palmeiras foi para o sexto lugar, com 11 pontos. O Criciúma é o 16º, com cinco.


Gustavo Gómez se tornou o maior zagueiro artilheiro da história do Palmeiras, com 37 gols. O paraguaio ultrapassou Luis Pereira.


Com a suspensão de Abel Ferreira, do auxiliar João Martins e do assistente Vitor Castanheira, o auxiliar Martinho assinou a súmula como treinador do Palmeiras em Criciúma.


O Palmeiras voltará a campo para enfrentar o Vasco, dia 13. O Criciúma medirá forças com o Atlético-GO, dia 11.


Primeiro tempo morno


Os primeiros 45 minutos foram mornos. As equipes tentaram dominar o jogo, mas nenhuma delas foi protagonista.


O Criciúma ficou menos com a bola, mas não se postou apenas na defesa e esbarrou na limitação técnica. Já o Palmeiras teve outra atuação sem brilho.


As melhores chances do Criciúma foram com Bolasie. O Verdão assustou na bola parada.


Palmeiras aparece e vence no fim


O Verdão de Abel Ferreira voltou melhor para a etapa final. As entradas de Luis Guilherme e Lázaro nas vagas de Estevão e Rômulo deixaram o Palmeiras mais forte.


Aos 17 minutos, Lázaro acertou a trave. Logo na sequência, o zagueiro Rodrigo tocou com o braço na área. Gustavo Gómez, no minuto 21, converteu com categoria.


O Palmeiras nem teve tempo para comemorar. Aos 23 minutos, Claudinho cruzou, a bola desviou em Murilo e foi na trave. No rebote, Matheusinho só empurrou para empatar.


O Criciúma se animou e quase virou no minuto 27, quando Bolasie acertou um chutaço de fora da área e Weverton fez milagre.


Nos minutos finais, os dois times partiram para o ataque, mas as defesas prevaleciam até aparecer a bola parada do Palmeiras. Gustavo Gómez ganhou escanteio no alto e deixou Lázaro sozinho para fazer mais um gol decisivo. 2 a 1 o placar final.


Lances importantes


1 a 0. Gustavo Gómez bateu pênalti com categoria para abrir o placar aos 21 minutos do segundo tempo.


1 a 0. Murilo desviou contra, a bola bateu na trave e Matheusinho só conferiu no minuto 23.


2 a 1. Aos 47 minutos do segundo tempo, o Palmeiras marcou em ponte aérea. Gustavo Gómez ajeitou de cabeça para Lázaro marcar.


FICHA TÉCNICA
Criciúma 1 x 2 Palmeiras


Local: Heriberto Hulse, em Criciúma (SC)
Data: 2 de junho de 2024 (domingo)
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Rafael Rodrigo Klein (FIFA)
Assistente 1: Rafael da Silva Alves (FIFA)
Assistente 2: Lucio Beiersdorf Flor
VAR: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (VAR – FIFA)
Cartões amarelos: Barreto, Matheusinho, Higor Meritão, Rodrigo, Gustavo, Ronald Gomes e Allano (Criciúma) e Caio Paulista, Zé Rafael e Gustavo Gómez


GOLS


Palmeiras: Gustavo Gómez e Lázaro, aos 21 e 47 minutos do 2T
Criciúma: Matheusinho, aos 23 minutos do 2T


Criciúma: Gustavo, Claudinho (Jonathan), Rodrigo, Ángel e Marcelo Hermaes; Barreto (Ronald Lopes), Higor Meritão, Marquinhos Gabriel e Matheusinho (Arthur Caíke); Bolasie e Eder (Felipe Vizeu) (Alano). Técnico: Cláudio Tencati


Palmeiras: Weverton, Marcos Rocha, Murilo, Gustavo Gómez e Piquerez (Caio Paulista); Anibal Moreno (Zé Rafael), Richard Rios e Raphael Veiga (Gabriel Menino); Estevão (Luis Guilherme), Rômulo (Lázaro) e Rony. Técnico: Martinho


Compartilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn

Últimas Notícias