Pesquisar
Close this search box.
cedimp otimizado ezgif.com gif to avif converter

Articulação por CPI do arroz expõe insatisfação do agronegócio com governo Lula

whatsapp image 2024 05 27 at 13.10.05

Parlamentares ligados ao setor do agronegócio iniciaram uma articulação para a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar o caso do cancelamento do leilão do arroz pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).


A medida expõe uma divisão dentro da própria bancada ruralista, considerada uma das mais influentes no Congresso Nacional e de extrema importância para o governo Lula. A apuração é da analista de política da CNN Julliana Lopes.

Crise no relacionamento com o agro

Após assumir a Presidência, Lula vinha tentando melhorar o relacionamento com o setor do agronegócio. No entanto, com as denúncias envolvendo o leilão do arroz, parte da bancada ruralista passou a recolher assinaturas para a instalação de uma CPI sobre o caso.


Parlamentares da oposição afirmam ser necessário investigar o que realmente aconteceu, alegando que o caso pode revelar outras questões relacionadas à corrupção dentro do governo, embora não haja indícios disso.


Até o momento, foram coletadas pouco mais de 90 das 171 assinaturas necessárias para a criação da CPI. A articulação mostra uma desconfiança persistente de parte do setor em relação ao governo, o que é visto como um revés para Lula.


Críticas ao ministro da Agricultura

A oposição critica o que classifica como falta de diálogo do ministro da Agricultura, Carlos Fávaro, sobre a questão do leilão do arroz. Eles questionam a capacidade do ministro de permanecer no cargo, escolhido justamente para atuar na articulação com o setor.


A crise gerada pela suspensão do leilão representa um entrave para o governo, que tenta se aproximar do agronegócio, um setor crucial para a economia brasileira. O Congresso acompanhará de perto os desdobramentos em torno da possível CPI, que é vista como uma oportunidade pela oposição para fazer críticas pontuais ao governo.



Compartilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn
1200 x 250 gif

Últimas Notícias