Pesquisar
Close this search box.
posto village ezgif.com gif to avif converter

Advogada do Juruá acusa presidente da OAB/AC de excluí-la de conferência em Rio Branco

extra 2024 06 08t102509.628 1 976x600

Em nota de repúdio divulgada neste sábado, 8, a presidente da Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil OAB/AC no Vale do Juruá, Ocilene Alencar de Souza, afirma ter sido excluída da participação Conferência Estadual da Mulher Advogada Interseccionalidades, ocorrida no período de 6 a 7 de junho de 2024.


A nota diz que a OAB/AC, representada pelo seu presidente Rodrigo Aiache, e a Comissão da Mulher Advogada da OAB/AC, representada pela sua presidente, Patrícia Peixoto, “preteriram e excluíram a presidente da Subseção, legitimamente eleita como representante da advocacia do Juruá”.


E acrescenta: “Pior, designaram para representar a advocacia juruaense um advogado (homem), estranho aos quadros da atual gestão da Subseção, justamente num evento alusivo à mulher advogada.


A manifestação diz ainda que o “cerne do repúdio está no menosprezo às mulheres advogadas do Juruá, notadamente da presidente eleita pelos seus pares. Sua participação e sua experiência enalteceriam o evento, já que é a única presidente mulher de uma Subseção no Acre”.


De acordo com a nota, a presidente da Subseção Vale do Juruá a exclusão foi intencional pelo fato de a presidente ter sido eleita em chapa divergente da atual gestão da OAB/AC.


“Essa falta de respeito, de urbanidade e de empatia com a mulher advogada mostram que, na OAB/AC, há um verdadeiro abismo entre os discursos divulgados na imprensa e a prática. A mulher advogada do Juruá pede respeito”, conclui na nota.


Procurado, o presidente Rodrigo Aiache enviou ao ac24horas o teor da manifestação que já havia feito por meio do Instagram. Segundo ele, a ausência de Ocilene Alencar se deu por um erro pelo qual ela deixou de ser pessoalmente convidada.


“E aqui estou para fazer um pedido de desculpas especialmente direcionado a essa grande advogada e Presidente, destacando que erros assim, além de inaceitáveis, não condizem com os nossos compromissos para com a advocacia e com a mulher advogada”, afirmou Aiache.


O presidente da OAB/AC conclui afirmando que para erros assim não se repetirem, já agendou uma reunião com vários setores da seccional e que vai pessoalmente cobrar uma melhor organização em todos os eventos. “Entre erros e acertos, naturais de todo ser humano, vamos seguir construindo uma OAB cada vez mais forte para representar a advocacia acreana”, finalizou.


Compartilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn
23.1 digital master super banner pmrb rbo do futuro 2024 ezgif.com gif to avif converter (1)

Últimas Notícias