Pesquisar
Close this search box.
970x250 (1)

Acusados de assassinar tio e sobrinho no Acre serão julgados em júri popular

assassinos 768x512 1

Mayke Wisley Oliveira dos Santos, apelidado de “Mutante”, e Roniscley Ribeiro da Silva enfrentarão júri popular pelos crimes cometidos contra José de Góes Ferreira, de 55 anos, e seu sobrinho, Natanael Góes Santos, de 34 anos. Os crimes ocorreram no Bar Fé em Deus, localizado na BR-364, bairro Albert Sampaio, Segundo Distrito de Rio Branco, em dezembro de 2023. A decisão partiu do Juiz Flávio Mariano Mundim, da 1ª Vara do Tribunal do Júri de Rio Branco.


De acordo com a decisão judicial, os réus são acusados de latrocínio, homicídio, quatro roubos, porte ilegal de arma de fogo, tráfico de drogas e associação a organização criminosa. Na mesma sentença, o magistrado decidiu manter a prisão preventiva dos acusados. A captura ocorreu em uma residência no bairro Belo Jardim II, na região do Segundo Distrito de Rio Branco, efetuada por policiais militares do 2° Batalhão na tarde de domingo, dia 31, último dia útil do ano anterior.


O juiz Flávio Mariano enfatizou a certeza da autoria dos crimes, visto que os réus foram detidos em flagrante no dia seguinte ao ocorrido, portando as armas e objetos relacionados ao crime, além de terem sido reconhecidos e identificados em depoimentos de testemunhas. As vítimas eram proprietárias de um bar e de um pequeno comércio, ambos situados na mesma residência onde viviam com a família, incluindo o sobrinho.


Os criminosos invadiram o local e imediatamente iniciaram os disparos, anunciando um assalto. Góes foi morto a tiros diante de várias testemunhas. O ato violento foi registrado por câmeras de segurança e monitoramento instaladas na Vila Albert Sampaio.


 


Com informações da TV 5


Compartilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn
ba banner portal microcredito 960x100px mai24

Últimas Notícias