Pesquisar
Close this search box.
1200 x 250

Passageiros sofreram lesões no cérebro e na coluna após voo com “turbulência extrema”

2024 05 21t135954z 1671760108 rc20v7abk56u rtrmadp 3 singaporeairlines thailand
Interior do voo da Singapore Airlines após um pouso de emergência em Bangkok, na Tailândia - 21/05/2024.(Foto: Stringer/Reuters)

Passageiros e tripulantes que estavam a bordo de um voo da Singapore Airlines que passou por uma área de “turbulência extrema” sofreram lesões no crânio, cérebro e coluna vertebral, segundo o hospital no qual eles estão internados em Bangkok.


Adinun Kittiratanapaibool, diretor do hospital Samitivej Srinakarin, disse que sua equipe estava tratando seis pessoas com lesões no crânio e no cérebro, 22 com lesões na coluna e 13 com lesões ósseas, musculares, entre outras.


“Nunca tratamos pessoas com este tipo de lesões causadas por turbulência”, disse o médico. Dezessete cirurgias já foram realizadas – nove cirurgias de coluna e oito para outras lesões.


20 pessoas ainda estão internadas na UTI do hospital na capital tailandesa, onde o voo fez um pouso de emergência na terça-feira (23). Questionado sobre o prognóstico para os casos mais graves, Kittiratanapaibool disse que era muito cedo para dizer se alguém poderia sofrer paralisia permanente.


O Boeing 777-300ER entrou no que a companhia aérea descreveu como “turbulência extrema repentina” sobre Mianmar, fazendo com que passageiros e tripulantes fossem arremessados para o teto da aeronave. Um britânico de 73 anos morreu e 104 pessoas ficaram feridas no voo, que transportava 211 passageiros e 18 tripulantes de Londres para Singapura.


O CEO da Singapore Airlines, Goh Choon Phong, pediu desculpas pela “experiência traumática” e expressou condolências à família do falecido.


 


Compartilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn
posto village ezgif.com gif to avif converter

Últimas Notícias