Pesquisar
Close this search box.
cedimp otimizado ezgif.com gif to avif converter

Estêvão faz fila, sofre pênalti e Palmeiras vence Cuiabá sob calor intenso

lazaro e abracado por companheiros apos marcar em cuiaba x palmeiras jogo do campeonato brasileiro 1714948065023 v2 750x421.jpg
Lázaro é abraçado por companheiros após marcar em Cuiabá x Palmeiras, jogo do Campeonato Brasileiro Imagem: Reprodução/X

O Palmeiras superou o calor da Arena Pantanal, derrotou o Cuiabá por 2 a 0 com direito a toque mágico de Estêvão e findou um jejum de três jogos sem vitória e sem gol no Campeonato Brasileiro. Antes de a joia sair do banco de reservas e marcar, Lázaro havia aberto o placar ainda no 1° tempo ao aproveitar lindo cruzamento de outra cria da base alviverde: Luis Guilherme.


Com o resultado, o time de Abel Ferreira chegou aos 8 pontos e fechou a rodada no G6 — há, no entanto, cinco times com jogos a menos em relação aos paulistas e que podem superá-lo na tabela.


O Cuiabá segue sem somar pontos. O time é o último colocado e, além de não ter balançado as redes, perdeu os quatro duelos que fez até o momento no torneio.


Os clubes voltam a jogar no meio de semana. O Cuiabá recebe o Metropolitanos pela Sul-Americana quarta (8), enquanto o Palmeiras encara, um dia depois, o Liverpool-URU fora de casa pela Libertadores.


Como foi o jogo


O 1° tempo ficou marcado pela lentidão e por um gol oportunista. O calor castigou, e foram raros os lances de perigo até os 45 minutos, quando Lázaro aproveitou cruzamento de Luis Guilherme e balançou as redes dos donos da casa após se antecipar aos zagueiros.


Na 2ª etapa, as mudanças de Abel fizeram a diferença, e Estêvão chamou a responsabilidade antes de decretar a vitória. O jovem saiu do banco, fez linda jogada individual pela direita, sofreu um pênalti e, sem a presença de Raphael Veiga em campo, pegou a bola para definir o 2 a 0.


Gols e destaques


Ataques pouco eficientes. Sob uma temperatura de 33ºC, o jogo começou truncado e com as duas equipes pecando na construção ofensiva: enquanto os mandantes apostaram em contra-ataques, os visitantes valorizaram a posse e exploraram os cruzamentos para a área. As estratégias, no entanto, não surtiram efeito, e apenas um chute de Piquerez bloqueado por Walter agitou os torcedores antes dos 15 minutos.


Pitta é barrado por Weverton. Aos poucos, o Cuiabá ganhou terreno e passou a incomodar o adversário. Após escanteio da direita, por exemplo, Endrick tentou sair em velocidade e acabou desarmado: a bola caiu nos pés de Lucas Fernandes, que cruzou na medida e viu o cabeceio de Pitta parar em boa intervenção de Weverton.


Parada ajuda? Nem tanto… O árbitro Bruno Arleu de Araújo paralisou a partida aos 30 minutos para que os atletas pudessem se hidratar — e descansar diante do forte calor na Arena Pantanal. O embate foi retomado pouco depois, mas o ritmo seguiu emperrado e com raras jogadas de perigo.


Lázaro aparece e marca. O jogo se encaminhava para o intervalo quando o Palmeiras, em um lance de oportunismo, abriu o placar já nos primeiros segundos dos acréscimos: Luis Guilherme recebeu na ponta direita, cruzou para o meio da área e encontrou Lázaro, que se antecipou a Gabriel e cabeceou firme para as redes de Walter: 1 a 0.


Weverton e Walter brilham. O 2° tempo começou com uma ligeira melhora no ritmo, e os goleiros apareceram de maneira providencial na casa dos dez minutos. Primeiro, Fernando Sobral acertou lindo chute de fora da área e parou em Weverton, que se esticou e mandou para a linha de fundo. Praticamente no lance seguinte, Endrick tabelou com Luis Guilherme em contra-ataque e ficou cara a cara com Walter, que fechou o gol e evitou o pior para o Cuiabá.


Abel faz mudança tripla. Diante de um calor que invadiu a noite mato-grossense, o técnico do Palmeiras resolveu refrescar o seu time ao sacar Luis Guilherme, Lázaro e Endrick de campo — Richard Ríos, Rômulo e Estêvão foram acionados pelo técnico português. Ao deixar o gramado, aliás, Endrick se mostrou bastante insatisfeito.


Estêvão rabisca, sofre pênalti e marca. A situação do Cuiabá ficou ainda mais complicada aos 23 minutos, quando Estêvão recebeu pela ponta direita, entortou Ramon e Rikelme e acabou, já dentro da área, derrubado por Denilson. Sem Veiga em campo, coube ao próprio jovem pegar a bola e bater com muita categoria para fechar o placar: 2 a 0.


FICHA TÉCNICA


CUIABÁ 0x2 PALMEIRAS
Data e horário: 5 de maio de 2024, às 18h30 (de Brasília)
Competição: 5ª rodada do Campeonato Brasileiro
Local: Arena Pantanal, em Cuiabá (MT)
Árbitro: Bruno Arleu de Araújo
Assistentes: Thiago Henrique Neto Correa Farinha e Luiz Claudio Regazone
VAR: Charly Wendy Straub Deretti
Cartões amarelos: Derik Lacerda (CUI); Murilo, Gabriel Menino (PAL)
Cartões vermelhos: não houve
Gols: Lázaro (PAL), aos 45 min do 1° tempo; Estêvão (PAL), aos 25 min do 2° tempo


CUIABÁ: Walter; Marllon, Gabriel e Alan Empereur (Rikelme); Matheus Alexandre, Fernando Sobral, Denilson, Lucas Fernandes e Ramon (André Luis); Derik Lacerda e Pitta (Bruno Alves). Técnico: Ricardo Colbachini


PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Murilo e Piquerez; Aníbal Moreno (Fabinho), Gabriel Menino (Zé Rafael) e Luis Guilherme (Richard Ríos); Lázaro (Rômulo), Rony e Endrick (Estêvão). Técnico: Abel Ferreira


Compartilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn
banner ac 24h fds

Últimas Notícias