Pesquisar
Close this search box.
Weather Data Source: El tiempo a 25 días

Semeia traça meta de ações para possíveis queimadas na capital

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do Ecos da Notícias.​

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semeia) reuniu os dirigentes do Horto Florestal, da Educação Ambiental, do Parque Ambiental Chico Mendes, da Utre, da Fiscalização e Controle Ambiental e da Gestão Ambiental e Mudanças Climáticas, nesta quarta-feira (3). O objetivo do encontro, segundo o secretário da Semeia, Carlos Nasserala, foi para traçar metas para possíveis queimadas no município.


“Nos reunimos porque é importante pontuar as metas, as finalidades deste ano que está atípico, com a enchente que tivemos, seca muito forte e, possivelmente, as queimadas com as quais devemos nos preocupar. Cada um aqui está, como o prefeito sempre pede, preocupado com qualquer tipo de queimada que venha a prejudicar a população da nossa cidade”, afirmou.


Para a diretora de Educação Ambiental, Luzimar Oliveira, essa é uma reunião muito importante sobre o meio ambiente e o plano de combate às queimadas urbanas.


“Desde o início desta gestão, o prefeito deu como diretriz que a gente propagasse a educação ambiental para que as pessoas tenham as informações necessárias e sejam sensíveis ao assunto. Afinal, a questão da queimada afeta a todos os rio-branquenses, porque quando ocorre, os casos de doenças respiratórias aumentam, o calor aumenta. As ações que estão se alinhando são importantíssimas para que as pessoas estejam sensibilizadas e nos ajudem a diminuir os casos de queimada.”


O diretor e auditor fiscal de Fiscalização e Controle Ambiental, Welberlúcio D’Ávila, disse que com orientação e conscientização o resultado pode ser positivo.


“Nós vamos trabalhar a educação ambiental para a população e tentar alcançar a todos, para que os focos de queimadas que ainda aparecem diminuam bastante. As pessoas precisam ter o conhecimento dos benefícios de não queimar. Ano passado, por exemplo, foi excelente e nós vamos contribuir para diminuir ou zerar os focos com muita orientação e fiscalização”, destacou.


A chefe do departamento de Gestão Ambiental e Mudanças Climáticas, Aline Martins falou que tudo vai ao encontro do plano municipal de mitigação e adaptação das mudanças climáticas.


“Esse plano constrói as diretrizes do Município frente às mudanças do clima, e nossa Semeia está tomando a frente, realizando um planejamento, justamente para levarmos benefícios direto à população e também ao meio ambiente.”


 


 


 


 


Por Assecom/Prefeitura de Rio Branco


Compartilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn

Últimas notícias

Últimas Notícias