Pesquisar
Close this search box.
Weather Data Source: El tiempo a 25 días

Segurança Pública realiza 2º Torneio de Futebol para crianças e adolescentes no bairro Aeroporto Velho

Foto: Dhárcules Pinheiro/Sejusp
Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do Ecos da Notícias.​

O gramado verdinho aparado e o sol das 9h da manhã brilhando no céu era o sinal para começar o primeiro jogo entre os times do 2° Torneio de Futebol promovido pela Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública do Acre (Sejusp), por meio do Programa Acre Pela Vida para crianças e adolescentes do bairro Aeroporto Velho, neste sábado, 30.


Programa Acre pela Vida realiza II Torneio de Futebol para crianças e adolescentes do bairro Aeroporto Velho, nesse sábado, 30. Foto: Dhárcules Pinheiro/ Sejusp

O programa de segurança pública tem como finalidade integrar as políticas públicas de segurança e de defesa social com o objetivo de reduzir a violência e a criminalidade em locais de vulnerabilidade social através da educação, do esporte e do lazer.


Programa de segurança pública tem como finalidade integrar as políticas públicas de segurança e de defesa social. Foto: Dhárcules Pinheiro/Sejusp

O estudante e atleta de futebol, Tallys Daniel dos Santos Gomes, de apenas 15 anos, coloca que é muito importante esse tipo de evento, pois sentir que tem apoio do governo no esporte é fundamental para seguir em frente.


Estudante e atleta de futebol, Tallys Daniel dos Santos Gomes, de apenas 15 anos. Foto: Dhárcules Pinheiro/Sejusp

“Eu jogo desde os meus nove anos e hoje jogo pelo Acre Sports com o time Nove Iguaçu que é daqui da baixada e é muito bom esse apoio para o atleta até porque muitos se inspiram em ser da banda da polícia, ser coronel, ser da porque mesmo que a pessoas não sigam a carreira de jogador ela pode virar um policial, uma pessoa de bem”, disse o garoto que é a camisa sete do time.


Torneio contou com a participação de 12 times. Foto: Dhárcules Pinheiro/Sejusp

O secretário de Segurança Pública do Acre, coronel José Américo Gaia destaca que esse tipo de ação é fundamental para aproximar a segurança pública da sociedade, despertando cidadania nas crianças, pois são elas o futuro de tudo. “As crianças precisam entender que a segurança do Estado do Acre está com elas e por elas, que independentemente de onde estejam, elas podem ser o que quiserem, mas que a educação e o esporte sempre serão o caminho”.


O coordenador do Acre pela Vida, coronel Atahualpa Batista Ribera explica que o programa visa levar uma cultura de paz através de políticas de prevenção primaria. “Nós, Acre pela Vida estamos no futebol, na música, na capoeira, na cultura, em várias formas em fazer com que as crianças e adolescentes não se envolvam com o crime e nem com droga e esse é o princípio norteador do programa”.


Coordenador do Acre pela Vida, coronel Atahualpa Batista Ribera. Foto: Dhárcules Pinheiro/Sejusp

O coordenador do projeto Acre Esporte, Jesus Silva coloca que o projeto visa oportunizar as crianças do bairro afastando-as do crime e das drogas. “A droga e o crime não compensam. Jogar futebol é melhor! a gente desenvolve uma política de que se não der um jogador de futebol, pelo menos formamos um cidadão de bem”, disse em forma de mensagem para seus atletas e todos os jovens.


Coordenador do projeto Acre Esporte, Jesus Silva. Foto: Dhárcules Pinheiro/Sejusp

O evento é uma parceria entre o projeto social Acre Esporte e o programa Acre pela Vida, onde contou com 12 times de futebol, aproximadamente 300 pessoas, entre atletas, familiares e parceiros.


Compartilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn

Últimas notícias

Últimas Notícias