Pesquisar
Close this search box.
Weather Data Source: El tiempo a 25 días

Rio Jordão reduz mais de 1,5 metro e sai da cota de transbordo no interior do AC

Rio Jordão reduz mais de 1,5 metro e sai da cota de transbordo no interior do AC
Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do Ecos da Notícias.​

Após voltar a transbordar menos de um mês depois da cheia histórica do Rio Tarauacá, que cobriu mais de 80% da zona urbana de Jordão, um dos municípios isolados no interior do Acre, o nível das águas reduziu na manhã deste domingo (24). Na medição das 8h, segundo a Defesa Civil do município, o rio marcou 6,10 metros e saiu da cota de transbordo, que é de 7,50 metros.


👉 Contexto: Com o transbordo do Rio Tarauacá, o município de Jordão viveu a maior enchente de sua história entre os dias 23 e 27 de fevereiro de 2024. Cerca de 80% da cidade foi coberta pelas águas, incluindo o único hospital da região e mais de 5 mil moradores foram afetados. A Prefeitura chegou a decretar estado de calamidade pública por causa da situação, inédita até então. O manancial chegou a marcar 9,55 metros, dois acima da cota de transbordo de 7,50 metros. No mesmo período, outras 18 cidades acreanas também chegaram a decretar situação de emergência por causa da cheia de rios e igarapés.


Apesar do início de vazante, 72 famílias ainda seguem nos abrigos montados em escolas do município, segundo a coordenadora Maria José Feitoza. Foram 650 pessoas afetadas pela subida e novo transbordamento do rio, de acordo com o órgão.


“Não choveu entre o sábado e domingo no município, e a previsão para a semana é que continue baixando. Algumas famílias já começaram a voltar para suas casas, mas permanecem as dos abrigos’, explicou a coordenadora.


Nova enchente

 


Moradores estão tendo que usar barcos para sair de casa na Alfredo Soeira Sales, em Jordão — Foto: Defesa Civil Jordão

Moradores estão tendo que usar barcos para sair de casa na Alfredo Soeira Sales, em Jordão — Foto: Defesa Civil Jordão

 


 


Fonte:G1 Acre


Compartilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn

Últimas notícias

Últimas Notícias