Pesquisar
Close this search box.
Weather Data Source: El tiempo a 25 días

Excesso de carinho: seu jeito de lavar o carro já preocupa até montadoras

Imagem: Matuiti Mayezo/Folhapress…
Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do Ecos da Notícias.​

Manter o carro limpo dá uma satisfação enorme para o proprietário, que vê seu possante mais bonito e bem cuidado. Mas essa prazerosa sensação pode custar caro se a lavagem for feita do jeito errado. Isso inclui os lava-rápidos – máquinas equipadas com “escovões” que automatizam a lavagem do veículo.


Esse tipo de equipamento certamente traz praticidade e baixo custo ao cliente, mas pode danificar a pintura. Isso acontece porque as cerdas das escovas são utilizadas para lavar diversos carros todo dia, e é normal que elas acumulem resíduos como sujeira e pedras. Assim, eles podem causar danos ao verniz da pintura, por exemplo.


O manual do proprietário de muitos veículos também faz ressalva quanto ao uso dessas máquinas. Nesse caso, o alerta é referente ao risco de danos a outras partes do veículo. A Chevrolet, por exemplo, recomenda a remoção da antena antes da passagem do automóvel pelo lava-rápido. A Honda, por sua vez, recomenda rebater os retrovisores externos.


Como é limpeza automotiva ideal


UOL Carros consultou Ricardo Vettorazzi, gerente técnico do laboratório de Repintura Automotiva da PPG, para obter orientações sobre limpeza automotiva.


O especialista recomenda que, antes de passar o carro pelo lava-rápido, o cliente certifique-se sobre o estado de conservação e de manutenção do equipamento, se isso for possível.


Também é preciso observar a qualidade dos produtos de limpeza automotiva. De forma geral, para a lavagem de um automóvel, deve-se utilizar um sabão neutro, com o pH 7, e, de preferência, biodegradável
Ricardo Vettorazzi, gerente técnico da PPG.


Veja outras dicas do especialista e das próprias montadoras:


Ao lavar o carro em casa, procure um lugar com sombra para evitar manchas na lataria causadas pela secagem da água


Use um sabão com pH neutro e nunca passe produtos como solventes na superfície pintada


Nunca tente remover sujeiras, lama ou pó com a superfície do veículo seca.


Não utilize pano ou esponja secos para remover essas sujeiras, para não riscar a pintura nem os vidros do veículo


Lavadoras de alta pressão devem ser usadas com cautela para não danificar as borrachas de vedação


Evite utilizar essas lavadoras a uma distância inferior a 30 cm da superfície do veículo.


O uso de lavadora de alta pressão superior a 80 bar pode levar a danos ou remoção da pintura e adesivos


Seque o carro com flanela de algodão ou microfibra para evitar o acúmulo de novas sujeiras e manchas na pintura.


Fonte: UOL


 


 


Compartilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn

Últimas notícias

Últimas Notícias