Weather Data Source: El tiempo a 25 días

Alerta de Golpe: Polícia Civil adverte sobre falsificação de 2° via de contas de energia

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do Ecos da Notícias.​

A Polícia Civil do Acre (PCAC) emitiu um alerta à população sobre um novo golpe que tem como alvo consumidores em busca da segunda via de contas de energia elétrica. Criminosos estão patrocinando páginas falsas e maliciosas que se passam por empresas, visando obter informações pessoais e números de conta dos usuários, em outros casos chegam até inserir boletos falsos nas caixas de correios das residências.


O golpe se desenrola quando os fraudadores simulam ser empresas de serviços públicos, criando sites fraudulentos que, de forma enganosa, aparecem bem posicionados nos resultados de busca na internet. Um consumidor desavisado, ao pesquisar termos como “segunda via da energia”, pode clicar inadvertidamente em um desses sites fraudulentos, acreditando estar acessando o site oficial da empresa para emitir um novo boleto.


A Polícia Civil do Acre já recebeu denúncias de consumidores que caíram nesse golpe, alertando para a gravidade da situação. O delegado de Polícia, Leonardo Neves, ressalta que, ao ser lesada, a vítima deve procurar imediatamente a delegacia mais próxima. Ele destaca a importância de manter um alto nível de vigilância, já que os criminosos estão constantemente inventando novas modalidades de golpes.


“O golpe do boleto falso está sendo alvo de investigação por parte das autoridades policiais para apurar os fatos e identificar os autores. Geralmente, essa fraude ocorre por meio de algum tipo de vírus que infecta o computador ou celular da vítima, alterando a numeração do boleto de cobrança”, informou Leonardo Neves.


Leonardo Neves oriente a população para evitar cair nesse tipo de golpe. “Os consumidores a conferirem cuidadosamente o boleto antes de efetuar o pagamento, verificando se o código do banco nos três primeiros números é compatível com o banco usual. Além disso, é fundamental verificar se o beneficiário do boleto corresponde à empresa habitual e se os códigos de barras, tanto na parte superior quanto na inferior do boleto, estão idênticos”, explanou.


Diante desse cenário, a população é instada a permanecer atenta e a denunciar atividades suspeitas à Polícia Civil. A colaboração de cada cidadão é vital para combater esses crimes e proteger a comunidade contra golpes cibernéticos.


 


 


 


 


 


Por Ascom/PCAC


Compartilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn

Últimas notícias

Últimas Notícias

plugins premium WordPress