Pesquisar
Close this search box.
banner ac24h feirão das carnes e frios

Governo abre agenda de comércio exterior com estudo de negócios em Madre de Dios

O governo do Acre, por meio da Secretaria de Estado de Indústria, Ciência e Tecnologia (Sect), abriu sua agenda de comércio exterior deste ano com atividades na Câmara de Comércio de Madre de Dios, na região sudeste do Peru, com o objetivo de estreitar a relação bilateral de exportação e importação de produtos entre os países do Brasil e o Peru. A agenda aconteceu nos últimos dias 26 e 27, sexta e sábado.


Oito indústrias do Acre com produtos de exportação participaram do encontro de relações bilaterais entre Brasil e Peru. Foto: Organização

Uma exposição de produtos acreanos para empresários peruanos marcou o encontro. Oito indústrias do Acre participaram do evento de caráter experimental. O titular da Seict, Assurbanípal Mesquita, lembrou que a agenda faz parte dos compromissos firmados em setembro do ano passado, em Rio Branco, entre Brasil e Peru, durante o primeiro encontro da fronteira sul da Amazônia.


“Agora vamos construir uma agenda mais sólida para intensificar esta parceria, levar também produtos tipo exportação de Madre de Dios para o Acre, fortalecendo nossa balança comercial e o Corredor Interoceânico”, acrescentou Mesquita.


Entre os negócios prospectados, a indústria de ração acreana Nutrak ampliou a sua oferta de proteína animal que atualmente é importada para a região de Puno. Outro protagonista em eventos internacionais com o Peru, a Indústria de Café Contri, também participou da exposição.


Empresários acreanos também tiveram a oportunidade de  conheceram o potencial de negócios da região de Madre de Dios. Foto: Organização

Para o presidente da Câmara de Comércio Madre de Dios, Orestes Quino Tica, os resultados da primeira experiência de negócios foram satisfatórios. “Os produtos do Acre que chegavam até Puno serão comercializados a partir de agora em nossa região, ampliando o mercado de exportação do Brasil. Creio que também avançaremos com a importação do que produzimos. Ficamos muito agradecidos”, disse Orestes.


O consultor Alejandro Salinas que acompanhou a delegação do Acre no evento, destacou que a exportação de produtos acreanos se amplia em torno do lago Titicaca que tem 190 km de expansão. “As truchas produzidas com proteína produzida no Acre tem 30% a mais de aproveitamento refletindo na economia dos pescadores. Daí essa recepção calorosa aos empresários na região”, garantiu Salinas.


Compartilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn
posto village ezgif.com gif to avif converter

Últimas Notícias