Weather Data Source: El tiempo a 25 días

Alunos de escolas em tempo integral do Acre alcançam alto desempenho no Enem

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do Ecos da Notícias.​

Em uma notável conquista, diversos alunos de escolas em tempo integral, incluindo a capital e o interior, apresentaram alto desempenho na redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Essa conquista evidencia o comprometimento das escolas, dos estudantes e as iniciativas do governo estadual voltadas ao apoio à educação.


Beatriz Moura da Silva, 18 anos, concluinte do Instituto Lourenço Filho, almeja cursar Direito. Foto: Mardilson Gomes/SEE.

Entre as medidas destacadas pelos estudantes está o relevante programa Pré-Enem Legal, que proporcionou preparação eficaz para o exame, o suporte fornecido pela escola, a distribuição de material didático, a plataforma educacional Farias Brito, a realização de aulões tanto presenciais quanto via YouTube, o fornecimento de tablets com acesso à internet e a realização de simulados foram fundamentais para o sucesso dos alunos.


O governo do Acre fortaleceu ainda mais o ambiente de aprendizado ao equipar as escolas com laboratórios de informática, química, física, matemática e biologia, visando potencializar o desempenho e rendimento dos estudantes. Essas ações culminaram em uma performance sensacional dos concluintes de 2023 no Enem, especialmente na redação, um critério decisivo para o acesso às universidades.


Ana Clara Silva Vaz, 17 anos, aluna da Escola José Ribamar Batista, pretende cursar Direto. Foto: Mardilson Gomes/SEE

Destacam-se escolas como José Ribamar Batista (Ejorb), Instituto de Educação Lourenço Filho (Ielf) e Humberto Soares da Costa, em Rio Branco, onde alunos alcançaram notas iguais ou superiores a 800 pontos. O apoio dos professores e o ensino integral focado no Enem também contribuíram muito para esse sucesso.


Os relatos dos estudantes refletem a importância do suporte educacional e do ambiente de aprendizado oferecido pelas escolas em tempo integral. Ana Clara Vaz, da Ejorb, deseja cursar Direito, destacou a dedicação dos professores e a oportunidade de estudar em um ambiente que oferece suporte contínuo.


Da mesma forma, Beatriz Moura, do Ielf, que também quer cursar Direito, ressaltou a importância dos aulões do Pré-Enem Legal e do reforço dado pelos professores em sala de aula.


Augusto Barreto, 18 anos, da escola Humberto Soares da Costa, quer cursar Física ou Medicina. Foto: Mardilson Gomes/SEE

Augusto Barreto, da Escola Humberto Soares da Costa, almeja cursar Física ou Medicina, enfatizou a importância de encontrar um equilíbrio entre os estudos e o lazer, destacando que a preparação para o Enem pode ser desafiadora, mas também gratificante.


Seja cursando Direito, Física ou Medicina, esses alunos demonstram orgulho em sua jornada educacional e confiança em seu futuro acadêmico.


Compartilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn

Últimas notícias

Últimas Notícias

plugins premium WordPress