Pesquisar
Close this search box.
banner seg e ter 15 e 16 de julho (ac)

Policial ferida processa Roberto Jefferson e pede R$ 1 milhão

A agente federal Karina Lino de Miranda, que foi atingida por dois tiros disparados Roberto Jefferson no dia 23 de outubro de 2022, move um processo cível contra o ex-deputado federal em que pede R$ 1 milhão de indenização por danos morais, físicos, estéticos, psicológicos, à honra e à reputação.


Nesta ação cível, a advogada Estela Nunes alega que:


  • • a policial Karina foi exposta, uma vez que Roberto Jefferson filmava e divulgava vídeos em suas redes sociais, que virou alvo de difamação e fake news;
  • • o ex-deputado debochou dos agentes nas redes, após ferir Karina e outros policiais, falando que “o pau cantou, que havia atirado nos policiais e que ia piorar muito”;
  • • a violência dos disparos de fuzil e a explosão das granadas causaram lesões corporais, que resultaram em sequelas físicas, que afetaram significativamente a integridade física, psicológica e da aparência de Karina.

 


Roberto Jefferson conversa com negociador da polícia com o Padre Kelmon ao lado — Foto: Reprodução

Roberto Jefferson conversa com negociador da polícia com o Padre Kelmon ao lado — Foto: Reprodução

Compartilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn
img 6916

Últimas Notícias