Pesquisar
Close this search box.
banner ac 24h

Bandidos tentam invadir UPA do 2° Distrito e são recebidos a bala

Dois criminosos não identificados tentaram entrar na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) no Segundo Distrito de Rio Branco, para roubar e foram recebidos a bala na madrugada desta quarta-feira, 24. Segundo informações da polícia, os criminosos entraram no estacionamento da unidade de saúde por uma área de mata que fica aos fundos do hospital. Eles estavam em posse de um terçado e uma arma de brinquedo.


Ainda de acordo com a Polícia, um vigilante estava próximo a um bebedouro quando visualizou a sombra de um dos criminosos próximo a um ônibus que estava estacionado no local. Rapidamente, ele acionou via rádio ou outro vigilante e fizeram um cerco. Eles encontraram um dos bandidos com a arma em punho. Ao perceber a arma de fogo apontada em sua direção, o vigilante reagiu e efetuou seis tiros na direção do bandido que rapidamente correu, pulou o muro e fugiu. O outro criminoso que estava com o terçado ao escutar os tiros também correu e conseguiu fugir. A arma de brinquedo e o terçado foram apreendidos.


A Polícia acredita que os bandidos estavam só esperando o momento certo para atacar e render o vigilante para tentar roubar a sua arma de fogo.


A reportagem do ac24horas entrou em contato com o Enfermeiro Adalo, que está a frente da direção da UPA provisoriamente, que informou que a segurança da unidade de saúde é bem ativa e a tentativa de roubo aos vigilantes foi frustrada. O enfermeiro informou ainda, que antes a Polícia Militar sempre fazia patrulhamento na UPA pela manhã, tarde e noite, depois pararam.


“A Polícia Militar sempre fazia patrulhamento na unidade de saúde, eles adentravam às dependências do hospital, mas do nada pararam. Peço ao comandante do Segundo Batalhão, Russo, que se possível retorne os patrulhamento para transmitir mais segurança aos nossos vigilantes que sempre estão atentos, funcionários e pacientes, uma vez que nossa unidade sempre está com muitas pessoas em busca de atendimentos. concluiu Adalo.


Compartilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn
banner ac4h

Últimas Notícias