Pesquisar
Close this search box.
192882c8aaa53f9b4e234a4553bdad21

Gladson e Bocalom assinam ordem de serviço para viaduto em Rio Branco

img 20240703 wa0027 1000x600
FOTO: SÉRGIO VALE

Ao lado do governador do Acre, Gladson Cameli (PP), o prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom (PL), assinou nesta quarta-feira (3) a ordem de serviço para a construção do viaduto da Avenida Ceará em frente à Associação Atlética do Banco do Brasil (AABB), e outras 11 obras de infraestrutura.


A construção do viaduto da AABB, que tem a promessa de causar grande impacto positivo na fluidez do trânsito da capital, tem orçamento estimado em R$ 24.390.000,00 milhões, sendo que deste valor, R$ 24.348.000,00 milhões são frutos de emenda parlamentar do senador Márcio Bittar.


img 20240703 wa0029

FOTO: SÉRGIO VALE

O prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom, disse durante o evento que a obra do viaduto da AABB é a continuação de um projeto de gestão que visa investir na mobilidade urbana e transformar Rio Branco em uma capital com grandes obras. “A mobilidade urbana é fundamental pra qualquer investidor que chegue aqui, principalmente numa cidade como a nossa, localizada na Amazônia. Com o lançamento dessa grande obra, estamos transformando Rio Branco numa cidade inteligente, moderna, com condições de atrair investidores”, disse.


img 20240703 wa0028

FOTO: SÉRGIO VALE

O governador Gladson Cameli, que prestigiou o evento de anúncio, pontuou que as obras da prefeitura de Rio Branco que tiveram ordem de serviço nesta manhã (3), serão acompanhadas de obras de infraestrutura que serão anunciadas pelo governo nos próximos dias, que no mesmo sentido, também atuarão para melhorar o trânsito da capital.


“O elevado da corrente [no segundo distrito de Rio Branco] ontem foi apresentado para mim e vamos apresentar pra vocês. Estamos em fase de questões burocráticas, tivemos que mudar algumas questões para que pudéssemos executar essa obra, e não o DNIT, mas essas questões já foram resolvidas e nos próximos dias apresentaremos isso para a sociedade. Além disso, ainda continuamos a obra do viaduto ali na Avenida Ceará [no cruzamento com a Avenida Getúlio Vargas], que está sendo feito com ajuda da Prefeitura de Rio Branco. Esta sintonia nas obras está nos fazendo avançar muito”, comentou.


whatsapp image 2024 07 03 at 09.46.54

FOTO: WHIDY MELO

Lucas Guerra, secretário adjunto da secretaria de infraestrutura do município, falou ao ac24horas que, neste momento, os estudos de planejamento que definirão as rotas alternativas para o trânsito da região da AABB estão em andamento, e a obra deve ser iniciada nos próximos 30 dias. “O trânsito na Avenida Ceará não será completamente fechado, mas teremos rotas de desvios, principalmente para dar a maior fluidez possível ao trânsito e não prejudicar os comerciantes da região”, afirmou.


As outras obras que tiveram assinatura de ordem de serviço são:


A construção da indústria de produção de leite de soja, incluindo material e mão de obra na Central de Abastecimento de Rio Branco – CEASA, ao custo de R$ 1.512.763,47 milhões oriundos de recurso próprio da Prefeitura de Rio Branco;


A reforma da quadra poliesportiva Emily Andrade da Silva, localizada no Bairro Jequitibá, ao custo de R$ 164.094,31 mil oriundos de uma emenda parlamentar da ex-deputada federal Jéssica Sales;


Pavimentação com tijolo maciço, drenagem, meio fio, sarjeta, rede de distribuição de água, passeio público e sinalização nas ruas do bairro Jorge Lavocat, ao custo de R$ 3 milhões oriundos em maior parte de recurso próprio e R$ 6.700,00 mil de emenda do ex-deputado federal Léo de Brito;


A construção da cobertura do estacionamento da sede da Prefeitura Municipal de Rio Branco, incluindo material e mão de obra, ao custo de R$ 147.459,62 mil de recursos próprios;


A construção de passarela sobre igarapé entre os bairros Aeroporto Velho e Airton Sena, ao custo de R$ 1.755.000,00 milhão oriundos de recurso próprio;


A construção de uma ponte em estrutura mista de concreto armado e vigas metálicas sobre o igarapé redenção, no bairro Apolônio Sales, ao custo de R$ 3.746.231,71 oriundos de recurso próprio e emenda parlamentar da ex-deputada federal Mara Rocha;


A construção de uma Unidade Básica de Saúde no Polo Geraldo Fleming (porte III), ao custo de R$ 1.855.542,32 milhões oriundos de recurso próprio, do Governo Federal, e de emenda da ex-deputada federal Perpétua Almeida;


A construção de uma Unidade Básica de Saúde no Alto Alegre (porte III), ao custo de R$ 2.169.746,52, oriundos de recurso próprio, do Governo Federal e de emenda parlamentar do senador Alan Rick;


A construção de uma Unidade Básica de Saúde no Vila Bela (porte III), ao custo de R$ 1.634.421,93, oriundos de recurso próprio, do Governo Federal e de emenda parlamentar da ex-deputada federal Jéssica Sales;


A construção de uma Unidade Básica de Saúde no Tangará (porte III), ao custo de R$ 1.854.738,91, oriundos de recurso próprio, do Governo Federal e de emenda parlamentar da ex-deputada federal Jéssica Sales;


A construção de uma Unidade Básica de Saúde no Panorama (porte II), ao custo de R$ 2.631.349,14, oriundos de recurso próprio, do Governo Federal e de emenda parlamentar da ex-deputada federal Jéssica Sales.


Compartilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn
posto village ezgif.com gif to avif converter

Últimas Notícias