Pesquisar
Close this search box.
banner ac 24h

Paciente celebra volta da visão após transplante de córnea

maria jose tansplante cornea 20.06 1 300x200

Já são 331 transplantes de córnea realizados na Fundação Hospital Estadual do Acre (Fundhacre) e nesta quinta-feira, 20, mais uma pessoa teve o sonho realizado. Maria José Alves, de 52 anos, passou pelo procedimento por volta das 10h e, com a cirurgia bem-sucedida, recupera-se em casa, enquanto a visão é restabelecida gradativamente.


Cirurgia de Maria José foi realizada com sucesso na Fundhacre, único hospital transplantador do Acre. Foto: Gleison Luz/Fundhacre

A realização do sonho foi aguardada durante um período e, por meio do programa de transplantes do governo do Estado, muito em breve Maria José irá reconquistar sua independência. “Estou muito feliz, realizada. Após espera de três anos, hoje veio a resposta. Perdi a visão depois de um acidente com um espinho de babosa, que inflamou, deu infecção e, quando sarou, perdi [a visão]. É muito ruim, porque vejo tudo embaçado, não dá pra enxergar. Me acidentei muito também caindo em buraco; a visão se atrapalha, fica tudo perto”, relata a paciente.


Dos anos em que ficou sem enxergar com o olho direito, relembra as dificuldades de executar desde as tarefas mais simples, como caminhar, até as mais complexas . “Limpar a casa, [usar o] telefone, olhar a TV também e mais caminhar, porque topo nos buracos, caio. [Quando o hospital avisou da cirurgia] fiquei muito feliz. Perdi o emprego por causa da visão e, quando ficar boa, vou voltar a trabalhar. Só tenho a agradecer imensamente, porque [a equipe da Fundhacre] é muito atenciosa”, complementa.


Marcelo acompanha a mãe na Fundhacre. Foto: Gleison Luz/Fundhacre

Quem sofreu com a mãe mas também sonhou com a volta da sua visão foi o filho, Marcelo Alves. “O sentimento é de gratidão também. Fico feliz; ela vai poder trabalhar, voltar a fazer o que sempre gostou de fazer, de ler, de estar mexendo no celular e também de caminhar. Fico preocupado porque ela topa no buraco, aí só escuto ela resmungando e, com essa bênção na vida dela, vai melhorar bastante”, comemora Marcelo.


A coordenadora do Serviço de Transplantes da Fundhacre, Valéria Monteiro, reforça a importância dos transplantes de córnea no Acre. “Já realizamos 331 transplantes de córnea, uma marca que nos deixa muito felizes. Cada paciente que passa pelo cuidado da nossa equipe tem uma história única e acompanhar sua evolução é muito gratificante. O programa de transplantes do Estado é um sucesso e não é por acaso que cada dia mais o Acre se consolida como referência na Região Norte”, destaca.


Ao todo, o Acre já realizou 515 transplantes, transformando as vidas não apenas de acreanos, mas também de pacientes moradores de estados vizinhos e exterior, referenciados via Sistema Único de Saúde (SUS). Além dos 331 de córnea, são outros 88 de fígado e 96 de rim.


Compartilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn
img 6916

Últimas Notícias