Pesquisar
Close this search box.
img 6916

Justiça torna réu trio que tentou matar taxista no interior do Acre

img 20240620 115831 1000x600

O trio Weverton Feliciano, Jeferson de Souza Vieira e Lorrana Nascimento Gadelha passaram a ser réus pela tentativa de latrocínio contra o taxista Márcio Alex Feitosa do Vale, de 46 anos. O crime ocorreu na noite de 29 de abril deste ano, no interior do Acre. Além disso, os réus também respondem por tráfico de drogas. A decisão foi proferida pelo juiz de Direito da Comarca do Bujari, Manoel Simões Pedroga.


De acordo com a denúncia do MPAC, o trio tinha a intenção de subtrair o carro da vítima. Agora, a defesa dos réus terá 10 dias para responder à acusação no processo. Em seguida, será marcada a audiência de instrução e julgamento.


Na mesma decisão, a justiça manteve a prisão de Weverton, Jefferson e Lorrana, que permanecem no presídio estadual.


img 20240430 wa0011 768x432 1


 


Detalhes do caso:


 


O taxista Márcio Alex Feitosa do Vale, de 46 anos, foi atingido de raspão na cabeça por um tiro de escopeta durante uma tentativa de latrocínio. O incidente ocorreu nesta segunda-feira (29) enquanto ele fazia uma corrida no Km 8 do ramal da Piçarreira, no município do Bujari, a 25 km da capital, Rio Branco.


Segundo a Polícia Militar do Acre (PMAC), três pessoas estavam envolvidas: uma mulher identificada como Lorrana Nascimento Gadelha, de 20 anos, e dois homens identificados como Weverton Feliciano Pereira, de 18 anos, e Jefferson de Souza Vieira, de 21 anos. Eles solicitaram uma corrida, anunciaram o roubo e a vítima reagiu.


Em depoimento, os criminosos afirmaram que pegaram o táxi em frente ao Pronto Socorro de Rio Branco e solicitaram a corrida para o Bujari. Além disso, teriam pedido a uma quarta pessoa para fazer um pix para que o taxista aceitasse levá-los. Os suspeitos foram conduzidos à Delegacia de Flagrantes (Defla) para prestar esclarecimentos.


Compartilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn
banner ac4h

Últimas Notícias