Pesquisar
Close this search box.
ba banner portal microcredito 960x100px mai24

Confusões em voos aumentam quase 60% desde pandemia, e aéreas sugerem lista de “banidos de voar”

tagreuters.com2022binary lynxmpeia30sy filedimage

Segundo dados da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear), as confusões em voos aumentaram quase 60% desde a pandemia. Somente em 2023, foram registradas 735 ocorrências com passageiros indisciplinados — uma média de dois registros por dia. Um quinto destes episódios envolveu agressões físicas ou ameaças.


Último ano antes da pandemia, 2019 registrou 440 ocorrências. Em 2020, com o fluxo de voos reduzido pelas consequências da Covid-19, foram registradas 278; no ano seguinte, este número voltou a subir e chegou a 626; já em 2022, as confusões foram 700.


De janeiro a maio deste ano, foram registradas 232 ocorrências — o que resulta em 3.011 confusões desde 2019.


De olho neste cenário, as companhias aéreas — por meio da Abear — defendem a regulamentação de medidas que possam coibir este tipo de comportamento. A associação sugere até que se avalie a criação de uma “no fly lists” para passageiros que cometam atos graves a bordo.


A “no fly list” é um mecanismo utilizado, por exemplo, nos Estados Unidos e consiste em uma lista com nomes de pessoas que não são autorizados a subir a bordo de um avião comercial para viajar tendo o país como origem ou destino.


Compartilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn
banner ofertas fim de semana do churrasco atacale 12a14 07 ac

Últimas Notícias