Pesquisar
Close this search box.

John Textor, sobre venda do Crystal Palace: “Quero um clube que ganhe campeonatos”

whatsapp image 2024 05 27 at 10.35.55
John Textor Crystal Palace — Foto: Getty Images

De olho em um novo clube na Inglaterra, John Textor quer um time para conquistar títulos no país. Dono da SAF do Botafogo, o empresário americano planeja vender a participação da Eagle Football Holding no Crystal Palace e tem na mira o Everton, que tem acordo de venda para a 777 Partners, grupo dono da SAF do Vasco.


– Eu quero estar envolvido em um clube inglês que ganhe campeonatos, no topo da liga. E isso requer assumir riscos que podem igualmente te levar para o caminho contrário. Não sei se essa estratégia necessariamente é correta para o Palace. Deve haver outras pessoas um pouco mais pacientes que eu, e talvez a impaciência não seja necessariamente boa para o Palace – explicou ao site “The Athletic”.


Textor confirmou que o desejo de venda do Crystal Palace está conectado a não conseguir adquirir participação majoritária no clube. A Eagle Football possui atualmente 45% do clube inglês e procura agora um investidor ideal para comprar sua parte. Outro motivo seria uma divergência interna sobre o modelo de multiclube.


– A nossa intenção é listar a empresa publicamente em breve. Empresas assim não recebem muito valor de participações minoritárias, por razões econômicas, e seus acionistas gostam de saber que seu capital está alocado em situações que você pode controlar – explicou.


Não é permitido que um mesmo indivíduo tenha participação em mais de um clube da mesma divisão. Por conta disso, Textor só poderia comprar o Everton após concluir a venda do Crystal Palace.


Textor acredita que, com a aproximação da data-limite do acordo de compra do Everton com a 777 Partners, não haveria tempo hábil para a Eagle Football comprar o clube de Liverpool. Ele também disse ter tido conversas sobre adquirir times não só da Premier League mas também da Championship, a segunda divisão inglesa.


– O Everton representa o melhor do futebol inglês: as dificuldades, a glória, a vontade. Eu adoro que seja de fora de Londres. Todo mundo deveria querer comprar o Everton imediatamente. Esse tipo de clube é a que me refiro. O quão legal seria levar um desses grandes clubes ingleses de volta à glória?


777 tem acordo de compra do Everton

 


Em setembro do ano passado, a 777 Partners firmou acordo para compra de 94% do Everton, que pertencem ao empresário britânico-iraniano Farhad Moshiri, num negócio de mais de 550 milhões de libras (R$ 3,3 bilhões).


Apesar disso, até hoje a aquisição não foi ratificada pela Premier League, que estabeleceu uma série de condições para a 777 cumprir. A empresa americana vive grave crise financeira e está sendo processada por fraude nos Estados Unidos.


Na última semana, teve contrato suspenso pela justiça e deixou o comando do futebol do Vasco, iniciando busca por um comprador para a SAF do clube carioca.


Compartilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn
ba banner portal microcredito 960x100px mai24

Últimas Notícias