Pesquisar
Close this search box.
192882c8aaa53f9b4e234a4553bdad21

Câmara Criminal rejeita recurso e ex-sargento Neri irá ao Tribunal do Júri

sargento neri 3

A Câmara Criminal rejeitou nesta segunda-feira, 13, o recurso apresentado pela defesa do ex-sargento da Polícia Militar, Erisson Neri, para que o mesmo não seja levado ao Tribunal do Júri pela morte do adolescente Fernando de Jesus, 13 anos, em 2017.


O jovem foi morto por Nery quanto tentava assaltar a casa do ex-militar em Rio Branco. Além de Nery, denunciado por homicídio doloso, a justiça também pronunciou o PM Ítalo de Souza Cordeiro pelo crime de fraude processual.


A defesa de Nery alega que o ex-militar agiu em legítima defesa e que vai recorrer ao Superior Tribunal de Justiça (STJ).


“O sargento Nery chegou à casa dele após receber uma ligação de um vizinho dizendo que havia gente roubando. Ao chegar, se deparou com esse adolescente que estava armado com uma pistola e só não conseguiu atirar no militar porque a arma era semiautomática e estava travada. Então, está mais do que provado de que Nery agiu em legítima defesa e, por isso, vamos recorrer ao STJ”, diz o advogado Carlos Venicíus Ribeiro, que faz a defesa do ex-militar.


Compartilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn
(ac) banner ofertas seg e ter atacale 20e21 05

Últimas Notícias