Pesquisar
Close this search box.
1200 x 250 gif

3 membros da Defesa Civil de Eldorado são investigados por desvio de doações

whatsapp image 2024 05 26 at 18.45.31

O Ministério Público (MP) investiga a suspeita de desvio de doações a pessoas atingidas pela enchente em Eldorado do Sul, na Região Metropolitana de Porto Alegre. Nove mandados de busca e apreensão foram cumpridos neste sábado (25).


Três integrantes da Defesa Civil do município foram alvo da ação, que apura “fins eleitorais” na atuação do grupo — segundo o MP, ao menos dois investigados seriam pré-candidatos nas eleições deste ano. Os mandados foram cumpridos nas casas dos suspeitos, na sede da prefeitura e em depósitos da cidade. Celulares, documentos, dinheiro, entre outros itens foram apreendidos.


De acordo com a promotora Maristela Schneider, as doações desviadas seriam entregues a futuros eleitores dos suspeitos.


“O objetivo da operação é, justamente, apurar o desvio de doações para fins eleitorais”, afirma a promotora.


 


O Ministério Público não divulgou o nome dos envolvidos. Em nota, a prefeitura disse que os agentes públicos foram “temporariamente afastados de suas funções para garantir a transparência do processo investigativo.” (leia a íntegra abaixo)


g1 entrou em contato com a Defesa Civil de Eldorado do Sul, mas não obteve retorno até a atualização mais recente desta reportagem.


Imagem de satélite mostra Eldorado do Sul, que praticamente desapareceu no dia 6 de maio. — Foto: Jornal Nacional

Imagem de satélite mostra Eldorado do Sul, que praticamente desapareceu no dia 6 de maio. — Foto: Jornal Nacional

 Os servidores afastados da Defesa Civil podem continuar atuando em outras funções públicas nas demais áreas do município, de acordo com MP. Os crimes apurados são de apropriação indébita (pegar um bem para si sem consentimento), peculato (desvio praticado por servidor público) e associação criminosa durante estado de calamidade pública.


Além disso, o MP determinou que o Exército Brasileiro assuma a entrega de doações às vítimas da enchente.


Eldorado do Sul é banhada pelo Rio Jacuí e pelo Lago Guaíba. A área urbana no município ficou 100% alagada após as enchentes. Das 169 mortes dos temporais e cheias no RSsete ocorreram na cidade.


A operação foi liderada pelo O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do MP. Além da promotora Maristela Schneider, participaram da ação os promotores André Dal Molin, Fernando Sgarbossa, Rafael Ricardi e Plínio Dutra.


Operação do Minsitério Público apura desvio de doações em Eldorado do Sul — Foto: MP/Divulgação

Operação do Minsitério Público apura desvio de doações em Eldorado do Sul — Foto: MP/Divulgação

Veja a nota da prefeitura de Eldorado do Sul

A Prefeitura Municipal de Eldorado do Sul vem a público prestar esclarecimentos sobre a investigação em curso relacionada a suposta operação de desvio de doações envolvendo três integrantes da Defesa Civil do município.


Esclarecemos que o Ministério Público do Rio Grande do Sul cumpriu, neste sábado (25), nove mandados de busca e apreensão em decorrência de uma denúncia que está sendo rigorosamente apurada.


É importante ressaltar que os três agentes públicos mencionados na investigação foram temporariamente afastados de suas funções para garantir a transparência do processo investigativo.


A Prefeitura Municipal de Eldorado do Sul reforça seu compromisso com a transparência, a ética e o respeito aos recursos destinados aos cidadãos. Continuaremos colaborando plenamente com as autoridades competentes para que todos os fatos sejam esclarecidos de maneira justa e rápida.


 


Compartilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn
970x250 (1)

Últimas Notícias