Pesquisar
Close this search box.
Weather Data Source: El tiempo a 25 días

Vídeo: motorista de aplicativo arrasta mulher e criança para fora do carro no Rio de Janeiro

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do Ecos da Notícias.​

Uma mulher e a filha dela, de 5 anos, foram arrastadas pelo braço por um motorista de aplicativo após um desentendimento sobre a corrida. O caso ocorreu no último domingo (31), dia da Páscoa, na cidade de Volta Redonda, no Rio de Janeiro. Segundo as vítimas, as agressões aconteceram após o motorista se recusar a seguir pelo trajeto indicado pelas passageiras.


Segundo relatos da mãe, Taiene Priscila de Oliveira, ela solicitou ao motorista que passasse por um outro trajeto para deixar um amigo que estava no carro no caminho. Ela diz, porém, que o motorista se recusou. Além de Taiene e a filha, estavam no carro a irmã dela, um sobrinho e o amigo.


Veja o momento da agressão:

 


Taiene afirmou que solicitou ao condutor que passasse pela rua 2, e não pela rua 4. O destino, no entanto, não seria alterado. O prestador de serviço teria negado e dito que seguiria o percurso indicado no aplicativo.


“Geralmente tem motorista de aplicativos que perguntam qual rua é melhor, porque às vezes o aplicativo mostra mais de uma de uma opção de rua. E aí a gente deu essa opinião para ele”, afirmou.


Em determinado momento, segundo relato da vítima, o aplicativo mostrou duas rotas e o condutor perguntou por onde ele deveria ir. A irmã de Taiene disse para seguir o que estava no aplicativo, como o motorista havia falado anteriormente, quando ele respondeu de forma ríspida que iria seguir a sua rota, afirmou a passageira.


Depois de a irmã da vítima insistir para o motorista seguir a rota do aplicativo, o homem parou o carro, desceu do veículo e abriu a porta traseira em que Taiane estava com sua filha no colo. O motorista falou para que descessem do carro, e puxou a mulher pela bolsa. Ele não conseguiu tirar a mulher do carro e a bolsa arrebentou.


Ainda segundo relatos da passageira, a irmã dela desceu do carro ao perceber que o motorista estava sendo agressivo. “A minha filha, muito nervosa, começou a chorar. Eu a abracei dentro do carro para evitar que ela olhasse tudo que estava acontecendo”, disse. O sobrinho e o amigo também desceram para pedir ajuda.


Em seguida, o motorista entrou no carro novamente com Taiene e sua filha no carro e arrancou com o carro quando as duas portas traseiras estavam abertas. “Ele saiu com sentido a um outro bairro eu não sabia para onde ele estava me levando e nem o que ele iria fazer. Fiquei muito nervosa pedindo para ele me levar de volta para casa”, disse.


O motorista parou o carro novamente e puxou a mulher e a filha para fora do carro. Ele arrastou as duas pela rua e saiu de carro com os pertences e calçados delas, que tiveram ferimentos nos joelhos e braços.


A Polícia Civil do Rio de Janeiro afirmou que o caso foi registrado na Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam) de Volta Redonda. A vítima foi ouvida e a unidade entrou em contato com as plataformas de aplicativos de transporte para localizar o motorista. A investigação está em andamento para esclarecer o fato.


CNN entrou em contato com a 99 e aguarda retorno.


 


 


 


Compartilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn

Últimas notícias

Últimas Notícias