Pesquisar
Close this search box.
23.1 digital master super banner pmrb rbo do futuro 2024

Ronaldo Fenômeno vende SAF do Cruzeiro a dono da Supermercados de Belo Horizonte

51813559932 88eed07e2c c

O ex-jogador Ronaldo Fenômeno oficializou na noite desta segunda-feira (29) a venda da SAF (Sociedade Anônima do Futebol) do Cruzeiro para o empresário Pedro Lourenço, dono da rede Supermercados BH. A Tara Esportes, do pentacampeonato brasileiro, repassará a totalidade de 90% das ações que possuía ao empresário.


Segundo nota publicada pelo Cruzeiro, a operação ainda depende de aprovação pelo Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica). A expectativa é de que o processo junto ao órgão dure de 30 a 45 dias, segundo o CEO do Cruzeiro, Gabriel Lima.


Ainda restam “obrigações super simples” junto à associação (o clube social), do qual todas as atividades de futebol são separadas quando há mudança para uma SAF. No caso do Cruzeiro, ela detém 10% das ações da sociedade anônima. Caso concretizado o negócio, Ronaldo seguirá na SAF como conselheiro.


Fenômeno: “resto de vida sabático”

O Fenômeno esteve à frente da reestruturação da dívida do Cruzeiro, calculada em R$ 1,3 bilhão à época da compra, que culminou na homologação do plano de recuperação judicial do clube, que reduziu a alavancagem no curto prazo e prevê o pagamento de R$ 682 milhões para credores, além de outros R$ 260 milhões para cumprimento das obrigações junto às autoridades fiscais.


Segundo o ex-atleta, seu outro clube, Real Valladolid, da Espanha, “é o próximo”, sugerindo que também deverá ser vendido. “Vou tirar um resto de vida sabático… Até que apareça alguma coisa”, disse o agora empresário, em resposta sobre empreitadas em esportes eletrônicos, modalidades das quais é entusiasta.


“Obrigações cumpridas”

“Vamos continuar com uma filosofia de controle orçamentário, rigidez financeira, de cumprir com as nossas obrigações. Obviamente com uma facilidade a mais do ponto de vista em investimento em futebol, mas é importante que haja um planejamento orçamentário que será cumprido”, disse em coletiva para a imprensa o CEO do Cruzeiro, Gabriel Lima.


O executivo disse que não abriria os detalhes financeiros da negociação. Questionado sobre compromissos contraídos por Ronaldo à época da compra, Lima disse que “todas as obrigações contraídas foram cumpridas”.


Também chamado de Pedrinho, o empresário Pedro Lourenço reforça que “quem está comprando a SAF sou eu, não o Supermercado BH”.


Compartilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn
970x250

Últimas Notícias