Pesquisar
Close this search box.
cedimp otimizado ezgif.com gif to avif converter

Professora acreana vence prêmio com práticas pedagógicas antirracistas

painel vence 996x600
Professora acreana recebe prêmio em São Paulo - Foto: Cedida

Uma professora de Rio Branco é destaque nacional com o Prêmio Educador Transformador, considerado o maior prêmio de educação empreendedora do país, realizado pelo Sebrae, Bett Brasil e Instituto Significare. Joana Marques Xavier, 34 anos, é professora desde os seus 22 anos e atualmente é professora da Educação Infantil, na creche Sagrado Coração de Maria, uma creche pública municipal voltada à educação de crianças bem pequenas de diferentes pertencimentos étnico-raciais.


A professora conquistou o terceiro lugar nacional do prêmio com o projeto “Práticas pedagógicas antirracistas e Educação Infantil: caminhos para a re (construção) de identidades de crianças bem pequenas”.


Joana conta sobre a ideia do projeto. “ As experiências/atividades da ação do projeto premiado tinham o objetivo de trabalhar a Educação Étnico-Racial na primeira infância e foram realizadas na turma 103, com crianças da faixa etária de 2 aos 4 anos, sob a minha responsabilidade e contou com o apoio essencial da assistente Naiane Moreira, do assistente Hugo Diago e equipe da creche. O meu projeto teve o objetivo de, através das interações e das brincadeiras, trabalhar a Educação Étnico-Racial na primeira infância, além de ser repleto do meu compromisso social. Foi a primeira vez que eu participei de um prêmio nacional. A cada etapa, a emoção foi aumentando”, conta Joana.


A professora explica a emoção de cada etapa do prêmio, até o anúncio, na última semana, em São Paulo, de ter conquistado o terceiro lugar nacional. “No dia 22 de março, eu soube do resultado da etapa estadual e fiquei em 1° na categoria Educação Infantil. Como eu classifiquei em primeiro lugar, segui para a etapa regional. É uma honra ser professora e ser reconhecida, nacionalmente, como uma profissional da primeira infância que contribui com a transformação de pessoas e do mundo por meio do projeto. Foi emocionante recebê-lo e ter o reconhecimento dos meus anos de pesquisa, de dedicação e de estudos voltados à Educação Étnico-Racial e às Infâncias”, diz.


Joana em sala de aula na Creche Sagrado Coração de Maria – Foto: Cedida

Joana em sala de aula na Creche Sagrado Coração de Maria – Foto: Cedida


Na avaliação da etapa regional, Joana “disputou” com as 7 professoras da Educação Infantil da região Norte, que ficaram em 1° lugar em suas respectivas etapas estaduais, passaram por uma banca avaliadora e concorreram ao 1° lugar na etapa regional. Somente quem ficasse em primeiro lugar na etapa regional, iria para a etapa nacional.


Para ter uma ideia da dimensão do reconhecimento do projeto de Joana, a professora acreana disputou com mais de 3,4 mil projetos. “Fico muito honrada pelo reconhecimento do meu trabalho. Eram 3460 projetos e foi gratificante ter o meu projeto e o meu nome compondo a lista dos 35 educadores finalistas da 2ª Edição do Prêmio Educador Transformador. Ficar com o terceiro lugar da etapa nacional é um lindo ato de valorização e reconhecimento para a minha trajetória pessoal e profissional. Dedico a premiação às criança e que tenhamos mais ações de reconhecimento e valorização da profissão docente”, conta emocionada.


Compartilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn
1200 x 250

Últimas Notícias