Pesquisar
Close this search box.
Weather Data Source: El tiempo a 25 días

Governo leva curso livre de customização de roupas a mulheres do bairro Santa Inês

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do Ecos da Notícias.​

Levar às mulheres qualificação para a possibilidade de autonomia financeira. Foi com essa premissa que a equipe da Secretaria da Mulher do Acre (Semulher) realizou, na tarde desta terça-feira, 2, a abertura do curso livre de customização de roupas, promovido pelo Departamento de Promoção e Autonomia Econômica da Mulher. A ação contempla mulheres do bairro Santa Inês, em Rio Branco, e as aulas serão ministradas na Escola Antônia Fernandes de Freitas.


Ação contempla mulheres do bairro Santa Inês, e as aulas serão ministradas na Escola Antônia Fernandes de Freitas. Foto: Kauã Lucas/Semulher

De acordo com a diretora de Políticas Públicas para as Mulheres da pasta, Joelda Pais, as aulas são fruto de parceria com a sociedade civil e, nessa primeira turma, foram contempladas 15 mulheres – a maioria, vítima de violência doméstica.


“Hoje, damos as boas-vindas para as participantes dos cursos livres de customização. Queremos auxiliar vocês a terem uma renda e se sustentarem. Gostaríamos de agradecer a quem nos ajudou e, principalmente, informar, a quem tiver interesse em ter um curso livre em sua região, basta entrar em contato com a Semulher, que nós levamos a qualificação às mulheres”, afirmou.


Uma das beneficiadas foi Maria José dos Santos, mãe solo. “Moro de aluguel, estou desempregada e espero que, com esse curso, eu possa fazer uma renda extra. Infelizmente, não tenho condições de trabalhar fora de casa, pois tenho um filho de dez anos para cuidar. Porém, com o curso de customização, posso começar a fazer uma renda extra em casa e recomeçar minha vida”, disse.


Primeiro curso livre se iniciou na última terça-feira, 2. Foto: Kauã Lucas/Semulher

Segundo a chefe do Departamento de Promoção e Autonomia Econômica da Semulher, Paloma Sales, os cursos livres são realizados nas regionais. “Para termos acesso a essas mulheres, entramos em contato com associações de bairros e pessoas que são, de algum modo, influentes na região, para encontrar mulheres que se encaixam no perfil”, explicou.


O curso de customização será ministrado pela servidora pública da Semulher e artesã Maria de Fátima Sena, que, no momento da apresentação, emocionou as participantes. “Mostro esta peça de roupa customizada a vocês e venho dizer aqui que, além da qualificação, a gente está ofertando carinho a vocês”, disse.


Compartilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn

Últimas notícias

Últimas Notícias