Pesquisar
Close this search box.
1200 x 250

Com notas 9,5 e 10, Moraes é aprovado em concurso da USP para ser professor titular

moraes
O ministro Alexandre de Moraes defendeu tese sobre milícias digitais para banca do concurso Universidade de São Paulo

O ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes foi aprovado, nesta sexta-feira (12), para o cargo de professor titular da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP). Moraes vai lecionar a disciplina de Direito Eleitoral.


O ministro foi aprovado com a tese “Direito eleitoral e o novo populismo digital extremista: liberdade de escolha do eleitor e a promoção da democracia”.


Em erudição, Moraes recebeu quatro notas dez e uma 9,5. A sua defesa de tese contou com quatro notas 9,5 e uma dez. Já pelo memorial, uma espécie de autobiografia acadêmica, o dez foi unânime.


A banca foi composta por Flavio Yarshell, Celso Lafer, Marta Teresa Arretche, todos os três da USP, Carlos José Vidal Prado, da Universidad Nacional de Educación a Distancia, na Espanha, e Ana Paula de Barcellos, da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ).


Egresso da instituição, o ministro já dava aulas na faculdade, mas como professor associado de Direito Constitucional. O concurso tinha apenas uma vaga e ainda não há previsão de quando o ministro vai começar a dar aulas na nova disciplina.


Antes disso, é preciso ser homologado na congregação do colegiado da faculdade. Depois de passar pelo colegiado, é necessário finalizar o processo burocrático na USP. Até lá, Moraes permanece lecionando às segundas-feiras a matéria de Direito Constitucional.


Compartilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn
banner ac4h feirão das carnes e frios

Últimas Notícias