Pesquisar
Close this search box.
banner ofertas fim de semana do churrasco atacale 12a14 07 ac

ANAF pede ao STJD banimento do futebol ao árbitro Jailson Macedo, da FBF

whatsapp image 2024 04 29 at 16.01.06

A Associação Nacional dos Árbitros de Futebol (ANAF) emitiu uma nota oficial nesta segunda-feira (29/4) pedindo ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) que o presidente da comissão de arbitragem da Federação Baiana de Futebol (FBF), Jailson Macedo Freitas, seja banido do futebol.


Segundo o ofício, o dirigente não possuía autorização para estar em campo na partida entre Bahia e Grêmio, que aconteceu no último sábado (27/4), na Arena Fonte Nova. Apesar disso, ele teria interferido na decisão da arbitragem no lance que culminou na expulsão do jogador Diego Costa.


Revoltado com a situação, Renato Gaúcho chegou a tirar jogadores e sua comissão do banco, e mandado todos para o vestiário antes do final da partida. Na coletiva de imprensa, ele falou sobre os problemas da arbitragem no país e chegou a falar em se aposentar devido a esse caso.


Confira a nota da ANAF:


“O que ocorreu no último sábado, dia 27, na Arena Fonte Nova, em Salvador, foi um fato EXTREMAMENTE GRAVE que coloca mais uma vez a arbitragem brasileira em xeque.


Sem autorização para estar no campo de jogo na partida válida pela Série A do Brasileirão, entre Bahia x Grêmio, o diretor de árbitros da Federação Baiana de Futebol, Jailson Macedo Freitas, que acumula o cargo de assessor/analista/delegado da CBF, informou de forma desonesta, ao quarto árbitro, Fernando Antonio Mendes de Salles Nascimento Filho, do estado do Pará, que o atleta gremista Diego Costa deveria ser expulso. Isso além de ferir as regras do jogo serve como base para que o Grêmio entre com um pedido de anulação da partida, expondo ainda mais nossa categoria.


Após a ação, flagrada pelas câmeras, o atleta foi expulso gerando uma revolta no técnico Renato Gaúcho que pediu que toda a sua comissão técnica e os atletas reservas do clube deixassem o banco e se deslocassem para o vestiário.


A interferência externa de Jailson Freitas nos estimula acreditar que o presidente da SAF do Botafogo, John Textor, pode ter razão nas afirmações que fez sobre manipulação de resultado no campeonato brasileiro, algo que enterra de uma vez por todas a falida gestão de Ednaldo Rodrigues, e do despreparado, Wilson Seneme, na CBF, sob eminência de um pedido público de desculpas ao americano caso as denúncias sejam confirmadas.


Por isso, a ANAF entrará hoje com uma ação no Superior Tribunal de Justiça Desportiva – STJD, pedindo o banimento imediato de Jailson Freitas, do futebol, tendo em vista não só o fato gravíssimo em tela, como também para salvaguardar a arbitragem brasileira que precisa voltar a dar e ter bons exemplos.


Salmo Valentim
Presidente da ANAF”


 


Compartilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn
ba banner portal microcredito 960x100px mai24

Últimas Notícias