Weather Data Source: El tiempo a 25 días

Duas mulheres dizem que foram apalpadas por Daniel em noite de acusação de estupro

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do Ecos da Notícias.​

Duas mulheres disseram nesta segunda-feira (5) que o lateral-direito Daniel Alves as apalpou antes de alegadamente estuprar uma amiga delas em uma boate de Barcelona, em dezembro de 2022, durante o julgamento do jogador na Espanha.


Uma amiga e uma prima da mulher que levou as acusações contra Daniel Alves à Justiça estavam na boate com ela naquela noite e disseram ao tribunal que Dani Alves as convidou para a área VIP onde ele estava com um amigo.


Em depoimentos carregados de emoção, elas afirmaram que Daniel Alves as apalpou e flertou com a autora da queixa antes de descreverem o que aconteceu depois da alegada agressão. O tribunal não divulgou os nomes delas.


O ex-jogador do Barcelona, de 40 anos, foi preso em janeiro do ano passado e se encontra sob prisão preventiva desde então.


Daniel Alves negou ter tido qualquer relação sexual com a mulher em um primeiro momento e disse que não a conhecia. Depois, afirmou que teve uma relação sexual consensual com ela no banheiro de uma boate, acrescentando que a negação original era para proteger o casamento.


 


Compartilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn

Últimas notícias

Últimas Notícias

plugins premium WordPress