Weather Data Source: El tiempo a 25 días

Baixa produção de grãos exclui o estado do Acre de investimentos do Ministério dos Transportes

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do Ecos da Notícias.​

O Ministério dos Transportes anunciou nessa terça-feira, 6, que deve investir na melhoria da malha rodoviária para reduzir custos de transporte e aumentar a competitividade do Brasil na produção de grãos, cerca de R$ 4,7 bilhões de recursos públicos para obras estruturantes nos principais corredores logísticos que cortam o país de Norte a Sul.


O governo entende que com rodovias em melhores condições, a distribuição dos insumos ocorre em menos tempo de viagem, reduzindo perdas e custos para o produtor. Por isso, para atender ao constante crescimento do setor produtivo e à alta demanda, o Ministério dos Transportes deu continuidade às ações iniciadas em 2023, as quais contribuíram para a ampliação das exportações de soja e milho em relação ao ano anterior.


“Esses investimentos representam a melhoria da malha de forma geral e a conclusão e intensificação de obras estruturantes nos corredores do agro. De 2023 para cá, já tivemos como resultado crescentes exportação e importação, que significa muito mais atividade econômica, com obras que dão acesso aos portos, que fortalecem a chegada dos grãos”, explicou o ministro Renan Filho.


Com uma produção crescente, mas ainda insignificante quando comparada com outros estados da Região Norte, como Rondônia, por exemplo, o Acre não será beneficiado com esses recursos. Uma das rodovias beneficiadas será a BR-364, mas apenas em território rondoniense.


No chamado Arco Norte, a previsão de investimento para o escoamento da safra deste ano é de R$ 2,6 bilhões, foram executadas em 2023 obras de duplicação, implantação e adequação em rodovias estratégicas: BR-163/PA, BR-155/158/PA, BR-316/PA, BR-364/RO e BR-153/TO.


Os detalhes desse investimento e as ações prioritárias previstas para o setor foram apresentados pelo ministro dos Transportes, Renan Filho, ao lado dos ministros de Portos e Aeroportos, Silvio Costa Filho, e da Agricultura e Pecuária, Carlos Fávaro.


Compartilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn

Últimas Notícias

plugins premium WordPress