Weather Data Source: El tiempo a 25 días

Transportadora do AC é acusada de demorar até dois meses para entregar veículos

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do Ecos da Notícias.​

O empresário Israel Borges procurou o ac24horas para denunciar uma transportadora de Rio Branco. Conforme Israel, a Trans Veículos, transportadora com sede na Via Chico Mendes, no Bairro da Comara, em Rio Branco, vem prejudicando clientes ao demorar para fazer a entrega de veículos para outros estados. Borges contou à reportagem que para receber uma caminhonete que enviou do Acre para Santa Catarina precisou ameaçar chamar polícia e acionar a imprensa.


Israel apresentou documentos que comprovam que no início de novembro, procurou a empresa para enviar duas motocicletas de Rio Branco para Balneário Camboriú, em Santa Catarina. “Procurei a agência dela para enviar duas motos e paguei à vista 4 mil reais. Dez dias depois, como não sabia do serviço que ela prestava, levei uma caminhonete para enviar e voltei para, chegando lá, nada dos veículos. Depois de 47 dias, chegaram as duas motos. A demora foi tanta que eu perdi de trocar uma das motos, que é de grande porte, em um apartamento”, explica.


A entrega da caminhonete foi ainda mais complicada. Israel conta que dos 15 dias prometido, o veículo só chegou 62 dias depois, com a lanterna quebrada e só recebeu porque ameaçou acionar a polícia. “Ela me disse que a caminhonete estava junto com as motos em São Paulo, mas ela mandou só as duas motocicletas. A caminhonete pegou sol e chuva largada em um pátio em São Paulo mais de um mês, só chegou depois de 62 dias e foi necessário eu ir ao posto de gasolina onde fica o escritório dela, ameaçar chamar uma viatura da polícia e ir para a delegacia e procurar os jornais. Somente depois disso foi que recebi um áudio dela dizendo que ia resolver. Eu achando que a caminhonete teria sido roubada ou capotada. O me veículo só chegou hoje com a bateria detonada e com a lanterna quebrada, bem diferente dos 15 dias que ela deu como prazo para entregar”, conta.


Israel afirma que mesmo tendo recebido a caminhonete, resolveu denunciar para que outras pessoas não passem pelo que ele passou. “Eu só quero que ela não faça isso mais com outras pessoas, eu investiguei e descobri que essa empresa tem dez processos nas costas já e eu não sou o primeiro a ir lá reclamara da mesma situação”, afirma.


Em dezembro, um cliente da mesma empresa procurou o ac24horas para fazer o mesmo tipo de denúncia. O caso específico era de um veículo enviado de Rio Branco para Natal. A empresa, após saber da denúncia ao veículo de comunicação, resolveu a situação da entrega do carro e o proprietário pediu para que a história não fosse divulgada.


A reportagem procurou Andrômeda Andrade, proprietária da Trans Veículos. Ela alegou que o motivo para o atraso da entrega das motos e da caminhonete foi provocada pela dificuldade no aluguel de caminhões “cegonhas” no final de ano.


“Nesse final de ano, a logística de cegonha atrasou demais, não só para mim, mas para outras empresas daqui e também para parceiros de outros estados, devido 70% das cegonhas entraram em recesso. Os veículos de dezembro começaram a ser entregues agora em janeiro. A maioria já foi solucionado, 95% já foi resolvido, apenas esse veículo que não foi entregue, já pedi desculpas pelo transtorno, mas não foi culpa minha e estávamos tentando resolver”, declarou.


Compartilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn

Últimas notícias

Últimas Notícias

plugins premium WordPress