Weather Data Source: El tiempo a 25 días

No Acre, jovem faz 920 na redação do Enem em cidade sem curso superior presencial

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do Ecos da Notícias.​

Miquele Silva dos Santos, 20 anos, terminou o ensino médio na Escola de Ensino Fundamental e Médio Borges de Aquino, no município de Porto Walter, interior do Acre. Ela fez 920 pontos no Exame Nacional do Ensino Médio 2023, mas na cidade, não há ensino de nível superior, nem público, nem privado. O sonho da jovem é estudar Direito.


No município, a única opção é fazer um curso de Educação a Distância (EAD), mas no momento ela não tem como pagar. Ou terá que deixar Porto Walter e seguir para Cruzeiro do Sul, ou outra cidade onde possa fazer faculdade.


“É muito difícil ter que deixar tudo para trás para ir em busca de uma faculdade. Tenho muita fé em Deus que serei advogada, apesar das dificuldades. Primeiro irei colocar minha nota em alguns cursos, depois vejo como vai ser, caso seja aceita”, relata.


Miquele é casada e nasceu em Marechal Thaumaturgo, mas mora em Porto Walter há 3 anos. No primeiro Enem que fez, passou. Ela conta que de manhã cuida de casa, frequentava as aulas do ensino médio na Escola à tarde e à noite estudava para o Enem.


“Eu não me cobrava demais, ia de acordo com os meus limites. De noite, assistia vídeo aula e estudava com a ajuda de uma plataforma, chamada Repertório Enem”, relata.


Os pais da jovem são pastores de uma igreja evangélica. O marido está desempregado e todos estão felizes com o resultado alcançado pela jovem. Se tiver que sair de Porto Walter para estudar em outra cidade, terá o apoio do esposo. “Ele vai junto comigo aonde eu for “, concluiu Miqueli, que tem como matéria preferida a matemática.


Um dos professores de Miqueli, Macson Alves, na Escola Borges de Aquino, em Porto Walter, fala com orgulho da ex-aluna. Lamenta a situação e relata que, para se graduar, teve que optar pelo Ensino à Distância.


“Eu fiz pedagogia e história na modalidade EAD. A Universidade Federal do Acre às vezes traz turmas do PARFOR, mas somente pedagogia para quem já exerce o magistério sem formação”, declarou.


Na região Norte do Brasil, apenas 5 pessoas alcançaram nota mil no Enem. No sudeste 18,no sul do país, 7 e no Centro Oeste foram 4. O Nordeste foi o campeão com 25 pessoas alcançando a nota máxima do Exame Nacional do Ensino Médio.


Compartilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn

Últimas notícias

Últimas Notícias

plugins premium WordPress