Weather Data Source: El tiempo a 25 días

Moradores do Rio de Janeiro flagram jacarés em meio a ruas alagadas; veja imagens

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do Ecos da Notícias.​

Moradores do Rio de Janeiro, Belford Roxo e São João do Meriti registraram a presença de jacarés nadando pelas ruas alagadas das cidades durante e após as fortes chuvas que caíram no Estado fluminense no último sábado, 13, e na madrugada de domingo, 14.


De acordo com os relatos, a aparição dos animais silvestres nas vias urbanas se deu graças ao transbordamentos de rios. Os temporais que atingem o Estado já provocaram, ao menos, a morte de 11 pessoas, além de desaparecimentos e uma série de alagamentos e transbordamentos em diferentes municípios.


No X (antigo Twitter), uma página compartilhou um vídeo em que aparecem dois homens segurando um jacaré vivo, amarrado por uma corda na altura do pescoço. A rua está alagada, e os dois “caçadores” andam com a água na altura da canela. As imagens mostram o animal ainda vivo e se debatendo.


A publicação não fornece informações exatas sobre o local onde a cena foi gravada, mas usuários afirmam que as imagem são da comunidade de Acari, zona norte do Rio, umas das áreas mais afetadas pelas chuvas.


A postagem alerta: “Muito jacaré nas ruas do Rio de Janeiro”, e afirma que, “com transbordamento de vários rios, como o rio Acari, () muitos jacarés invadindo as ruas e casas.”



Em uma publicação, uma mulher grava o que ela diz ser “um filhote de jacaré”, nadando em outra rua alagada da cidade.


Nas imagens, não é nítida a presença do jacaré, mas é possível ver uma rua bastante alagada, e um animal se mexendo apenas com o dorso para fora d’água. A postagem questiona: “Jacaré em Belford Roxo?”, em referência ao município que também foi fortemente atingido pelas chuvas.



Em São João do Meriti, cidade da Baixa Fluminense, também castigada pela chuva, um registro semelhante foi feito. “Até Jacaré, meu Deus. No parque Alian”, escreveu uma usuária indicando supostamente o endereço onde o animal foi visto. Duas mortes foram registradas no município por conta das chuvas, sendo uma causada por afogamento e outra por descarga elétrica.



A prefeitura do Rio de Janeiro informou, via Secretaria do Meio Ambiente e Clima, que a Patrulha Ambiental esteve presente nos endereços onde os registros da presença de jacarés foram compartilhados nas redes sociais, mas afirmou que, durante as rondas, “nenhum animal foi encontrado pelo patrulhamento e vistorias”.


Ainda de acordo com a prefeitura do Rio, não foi registrado nenhum chamado na Central 1746 de avistamento de jacarés em vias públicas da capital do Estado. “O acompanhamento segue”, diz a prefeitura.


Procuradas, as prefeituras de São João de Meriti e Belford Roxo não se manifestaram até a publicação deste texto.


O que fazer se avistar um jacaré?

O protocolo de ação quando ocorre o avistamento de algum animal silvestre, como um jacaré, é, de acordo com a prefeitura do Rio de Janeiro:


  • •Manter distância dos animais, sobretudo cobras e jacarés (porque oferecem riscos à população);
  • •Solicitar resgate através da Central 1746.

Chuva recorde provoca 11 mortes no Estado

As fortes chuvas que atingiram o Rio de Janeiro no final de semana deixaram ao menos 11 mortos, além de vários pontos de alagamentos e inundações até a tarde deste domingo, 14. De acordo com a Defesa Civil Municipal, os bairros da Baixada Fluminense e da zona norte da capital foram os principais afetados, em especial Pavuna, Ricardo de Albuquerque, Acari e Irajá.


Autoridades orientam que moradores evitem se deslocar. O prefeito Eduardo Paes decretou situação de emergência na cidade “devido aos impactos e aos danos provocados pelas chuvas”, conforme divulgação feita pela gestão municipal durante a tarde deste domingo.


“Com a declaração de situação de emergência, fica autorizada a mobilização de todos os órgãos municipais para atuarem nas ações de respostas necessárias à redução dos efeitos causados pelas chuvas”, destacou a prefeitura.


Onde aconteceram as mortes pela chuva no Rio?

•Em Ricardo de Albuquerque, um homem foi vítima de um desabamento provocado por um deslizamento de terra, na madrugada deste domingo, na Rua Moraes Pinheiro.


•Em Acari, uma mulher adulta foi encontrada morta na Rua Matura, 279, possivelmente vítima de afogamento.


•Em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, outra vítima feminina foi resgatada em um rio, próximo à Rua General Rondon. Na mesma cidade, um homem foi à obito por afogamento na Rua Patricia Cristina, em Vila São Luis.


•Em São João de Meriti, também na Baixada, um homem foi vítima de uma descarga elétrica na Rua Neuza. Na mesma cidade, autoridades registraram um afogamento.


•Em Comendador Soares, próximo à passarela da Rua Bernardino Melo, outro homem foi resgatado sem vida por militares, com sinais de afogamento.


•Em Belford Roxo, outra morte foi registrada.


•Em Duque de Caxias, dois homens morreram após descargas elétricas. Na mesma cidade, uma mulher foi vítima de soterramento na Estrada de Botafogo


Compartilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn

Últimas notícias

Últimas Notícias

plugins premium WordPress