Weather Data Source: El tiempo a 25 días

Hèrèrawo: conheça o ritual indígena que transforma jovens em adultos guerreiros

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do Ecos da Notícias.​

As vestimentas de palha de palmeira cobrindo rosto e corpo se unem aos adereços de cabeça coloridos com penas, que dão o tom de nobreza da cerimônia Hèrèrawo. A festa que tem duração de sete dias marca a passagem para a vida adulta dos meninos indígenas Javaés.


Entoando cânticos, os guerreiros Javaés circulam Hèrèrawo, a “casa pequena”. Dentro dela, os meninos com mais de 14 anos aguardam os próximos passos da transição para se tornarem adultos na aldeia Txuri, em Formoso do Araguaia, Ilha do Bananal. A cerimônia teve início no dia 3 de janeiro e segue até o dia 10 deste mês, marcando a vida de cinco meninos.


Guardiões

 


Meninos são abençoados durante cerimônia de passagem para a vida adulta da aldeia Txuri. — Foto: Manoel Júnior/Sepot - Governo do Tocantins

Meninos são abençoados durante cerimônia de passagem para a vida adulta da aldeia Txuri. — Foto: Manoel Júnior/Sepot – Governo do Tocantins

Alexandre Javaé, liderança indígena, explica que os meninos da aldeia Txuiri são conduzidos pelos guardiões (os aruanãs). Ao longo da festa cultural eles recebem ensinamentos sobre sua própria cultura, costumes e valores, aprendendo disciplina e respeito. Há também momentos de divertimento com brincadeiras e competições, dentre elas lutas corporais.


Meninos da aldeia Txuiri são conduzidos pelos guardiões (os aruanãs) em ritual de passagem. — Foto: Manoel Júnior/Sepot - Governo do Tocantins

Meninos da aldeia Txuiri são conduzidos pelos guardiões (os aruanãs) em ritual de passagem. — Foto: Manoel Júnior/Sepot – Governo do Tocantins

Compartilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn

Últimas Notícias

plugins premium WordPress