Weather Data Source: El tiempo a 25 días

Após saída de número 2 da Abin, Presidente Lula demite quatro diretores da agência

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do Ecos da Notícias.​

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) demitiu quatro diretores da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) além do diretor-adjunto do órgão, Alessandro Moretti. A decisão foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União na terça-feira (30).


Para a função de Moretti, Lula nomeou Marco Aurelio Chaves Cepik, que atualmente comanda a Escola de Inteligência da Abin.


As trocas na cúpula da Abin ocorrem após uma operação da Polícia Federal (PF) revelar uma suposta espionagem ilegal realizada pela agência durante o governo do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL).


Segundo as investigações, a agência monitorou ilegalmente uma série de autoridades e desafetos do ex-presidente.


Quem é Moretti

Moretti foi nomeado diretor-adjunto da Abin em março de 2023, já durante o governo Lula. Delegado da Polícia Federal, ele era próximo de Anderson Torres, ex-ministro da Justiça de Jair Bolsonaro.


Alessandro Moretti foi secretário-executivo da Segurança Pública do Distrito Federal entre 2019 e 2021, durante a gestão de Torres.


Na PF, ele também foi diretor de Inteligência Policial, entre 2022 e 2023, e de Tecnologia da Informação e Inovação, entre 2021 e 2022.


Ainda ocupou o cargo de diretor de Gestão e Integração de Informações da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), em 2020.


Quem é Cepik

Escolhido para assumir o posto de Moretti, Marco Cepik atualmente comanda a Escola de Inteligência da Abin.


Ele é cientista político e já foi diretor-executivo do Centro de Estudos Internacionais sobre Governo (Cegov) em Porto Alegre (RS).


Compartilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn

Últimas notícias

Últimas Notícias

plugins premium WordPress