Pesquisar
Close this search box.
192882c8aaa53f9b4e234a4553bdad21

Homem é mantido amarrado em aldeia após tentar matar indígena no Acre

Um homem identificado até o momento como Carleilson, que nesse domingo,15, foi acusado de tentar matar com uma facada no peito a indígena de 16 anos, J. B. A. H, com quem ele vivia, é mantido amarrado na Aldeia Formoso, Terra Indígena Huni Kui Nova Olinda, no Rio Envira, até ser resgatado e preso pelas Polícias Civil e Militar, provavelmente, nesta terça-feira (17).


A informação é do delegado de Polícia Civil de Feijó, Railson Ferreira. “Nós vamos com a equipe do Ciopaer e são 40 minutos de voo de helicoptero a partir da cidade”, conta.


A jovem de 16 foi esfaqueada pelo marido e transferida de helicóptero para o Hospital do Juruá, onde recebeu atendimento médico. Ela contou à polícia que vivia com o homem, que não é indígena, há cerca de 7 meses.


Nesse domingo, Carleilson, conhecido por Carlos, chegou bêbado e passou a agredir a vítima verbalmente e a trancou dentro do quarto. “Eu estava no quarto com minha irmã, que é surda/muda, e o outro irmão. Ele me chamou de muitos palavrões e acusou de traí-lo. Aí me deu uma facada no meu peito e eu desmaiei “, contou a jovem à polícia.


Depois de esfaquear a esposa, de acordo com testemunhas, Carleilson escondeu a faca embaixo do travesseiro e deitou por cima da vítima, para que ninguém visse que havia tentado matá-la. Mas o caso foi descoberto e os indígenas o pegaram.


O resgate será feito pela equipe do delegado Railson Correia, da Polícia Civil de Feijó e pelos Policiais Militares do Centro Integrado de Operações Aéreas – CIOPAER.


Compartilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn
img 6916

Últimas Notícias