Pesquisar
Close this search box.
banner hotifruti ac24h

Victor Meyniel é espancado no Rio; suspeito é preso por lesão corporal e homofobia

O ator Victor Meyniel foi espancado na portaria de um prédio em Copacabana, no sábado (2). A agência do ator afirma se tratar de um crime de homofobia.


Ele teria conhecido o agressor em uma boate na zona sul do Rio de Janeiro. Imagens de uma câmera de segurança mostram o momento no qual o homem espanca Victor, que se encontra deitado do chão da portaria, enquanto o porteiro do prédio assiste à cena sem tomar nenhuma providência.


Imagens de uma câmera de segurança mostram o momento no qual o homem espanca o ator Victor Meyniel/Reprodução

Victor e sua mãe, Regina Meyniel, prestaram queixa na 12ª Delegacia de Polícia e abriram um boletim de ocorrência sobre o caso no sábado. O ator passou por exame de delito no Instituto Médico Legal (IML) e foi atendido em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA).


A Polícia Civil informou que o agressor foi preso e autuado em flagrante pelos crimes de lesão corporal, injúria por preconceito e falsidade ideológica.


A agência informou que o porteiro do prédio também foi indiciado por omissão a socorro. A CNN ainda não conseguiu confirmar esta informação com a polícia.


Segundo a agência, o agressor foi acusado de falsidade ideológica por ter se identificado como médico da Aeronáutica para Victor.


Um dos advogados que representa o ator, Ricardo Brajterman, postou nas redes sociais sobre o caso: “Estamos adotando todas as medidas judiciais cabíveis na esfera cível e criminal. Esse crime bárbaro não passará impune. É tudo absurdo, a brutalidade do criminoso e a omissão do porteiro.”


Mensagens de apoio

Nas redes sociais, o ator tem recebido mensagens de apoio e de revolta com o caso.


O ator e amigo de Victor, Jefferson Schroeder, publicou um texto no qual lembrou que Victor faz aniversário neste domingo. “Ontem lembrei muito de você, olha como são as coisas, e hoje soube que é seu aniversário e que ontem você passou por um momento muito triste. Que Deus proteja o seu coração e a sua recuperação. Obrigado por alegrar tantas vidas. Tenho você no coração.”



O comediante Yuri Marçal postou no X, antigo Twitter: “Esse crime com o Victor Meyniel tem que dá cadeia pro agressor e pro porteiro!”.


O economista e ex-BBB Gil do Vigor também se pronunciou no X: “Quanta dor! Que crueldade. Nos matam por sermos simplesmente quem somos, nos batem, nos machucam e ainda nos tornam réu do tribunal que diz: O que ele fez para merecer?. É triste, é inaceitável! Vontade de voar nesse criminoso, mas violência não se resolve com violência, exigimos JUSTIÇA JÁ! E o porteiro precisa ser PUNIDO TBMMMM.”


A cantora Pepita também postou sobre o caso: “Eu acho engraçado que tem pessoas que dizem que é “mimimi”… eu não sei o que me indigna mais, o cara batendo ou o porteiro sentado sem fazer nada! NADA justifica uma agressão gente, estou aqui revoltada. Todo meu carinho ao Victor! Lamentável.”


Compartilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn
banner hotifruti ac24h

Últimas Notícias