Pesquisar
Close this search box.
(ac) banner ofertas seg e ter atacale 20e21 05

Acre é o quarto estado com maior número de transplantes de fígado

O Estado do Acre ficou em quarto lugar em maior número de transplantes de fígados nos dados divulgados, a nível nacional, pela Associação Brasileira de Transplantes de Órgãos (ABTO), por intermédio do Registro Brasileiro de Transplantes (RBT), onde são apresentados todos os dados e informações referentes aos procedimentos de doação e transplantes, sendo especificados por órgãos e estados onde são executados e avaliados os números por milhão de população, sendo este o resultado apresentado do primeiro semestre de 2023.


Acre é destaque sendo o quarto estado com maior número de transplantes de fígado por milhão de habitantes. Gráfico: Divulgação

“É algo que todo acreano deve se orgulhar. Um estado como o nosso, isolado e menor economicamente em relação a outros, conseguir tal façanha, mostra todo o comprometimento da gestão e dos profissionais de saúde em oferecer um serviço de qualidade”, comenta o cirurgião do aparelho digestivo e transplante hepático, Dr. Aloysio Ikaro Martins Coelho Costa.


Ele acrescenta: “Estimulemos a doação de órgãos. Nossa taxa de doação local é baixa e precisamos deste gesto de altruísmo para ajudarmos quem tanto necessita de um órgão. Externe para seus familiares que é um doador”.


Para viabilizar o processo de captação do órgão é necessário a integração de uma equipe multidisciplinar. Foto: Gleison Luz/Fundhacre

O Acre é o único estado da região Norte que realiza transplantes de fígado. O serviço funciona na Fundação Hospital Estadual do Acre (Fundhacre). Para viabilizar o processo de captação do órgão é necessário a integração de uma equipe multidisciplinar, incluindo profissionais da Central Estadual de Transplantes, equipe da Fundhacre, além de um grupo cirúrgico altamente especializado.


Toda organização e logística para execução dos transplantes de fígado é um compromisso e cuidado do governo do Estado, que tem atuado de forma assídua, juntamente com as instituições de Saúde e equipe do Transplante Hepático do Acre, coordenada pelo cirurgião Tércio Genzini.


Acre já realizou o 12º transplante de fígado do ano. Foto: Glesion Luz/Fundhacre

“Nossa equipe é divida em dois braços: um acreano, onde estão eu, três enfermeiras, dois hepatologistas clínicos e um anestesista, além de toda uma equipe de colaboradores nas mais diferentes áreas da saúde; e o segundo braço: paulista, de onde sempre vem o cirurgião que realiza o transplante com a nossa ajuda”, destaca Dr. Aloysio Costa.


O Serviço de Transplante Hepático foi credenciado em dezembro de 2013, sendo efetuado o primeiro procedimento em abril de 2014. Desde então, foram realizados 74 transplantes de fígado, sendo 12 neste ano.


Serviço de Transplante Hepático foi credenciado em dezembro de 2013, sendo efetuado o primeiro procedimento em abril de 2014. Foto: Glesion Luz/Fundhacre

O programa conta com ambulatório pré e pós transplante semanal, além do atendimento mensal do responsável técnico do serviço. Nos ambulatórios são avaliados todos os pacientes com indicação de transplante hepático e também é realizado o acompanhamento dos pacientes já transplantados.


Equipe em alinhamento para organização e melhorias no serviço de transplantes no Acre. Foto: Gleison Luz/Fundhacre

“O andamento do serviço necessita do envolvimento e comprometimento de uma equipe multidisciplinar e, para o sucesso do retorno e ampliação deste serviço, foi determinante o empenho e compromisso do governo do Estado, por meio da Fundhacre que, na pessoa do presidente João Paulo, claramente não tem medido esforços para que este seja um serviço cada vez mais consolidado e com condições de ofertar um atendimento de excelência à nossa população”, destacou a coordenadora do transplante hepático, Valéria Monteiro.


Equipe durante o procedimento do transplante de fígado. Foto: Gleison Luz/Fundhacre

Entenda o registro

Trata-se do registro nacional oficial dos números e procedimentos em transplantes realizado pela Associação Brasileira de Transplantes de Órgãos (ABTO), que tem como objetivo principal estimular o desenvolvimento de todas as atividades relacionadas com transplantes de órgãos no Brasil, além de contribuir com o estabelecimento de normas e aperfeiçoamento da legislação relacionadas ao assunto. informações sobre a associação podem ser acessadas no site: https://site.abto.org.br.


Compartilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn
970x250

Últimas Notícias